24 Nov 2019

Permitamos que Cristo reine sobre a nossa vida

Ele é a Cabeça do Corpo, isto é, da Igreja. Ele é o Princípio, o Primogênito dentre os mortos; de sorte que em tudo ele tem a primazia” (Cl 1,18).

Hoje, a Liturgia nos dá a graça de celebrarmos o último domingo do Tempo Comum, encerrando o ano litúrgico com a grande Solenidade de Cristo Rei e Senhor do Universo.

O que estamos aclamando e proclamando em alto e bom tom para todos é que somente Ele é o nosso rei. Rei é aquele que é o primeiro, é aquele que tem a primazia e reina sobre tudo e todos.

Cristo tem a primazia da Igreja, que é Seu corpo, da qual Ele é a cabeça, da qual Ele está à frente. E nós que fazemos parte desse corpo, que é a Igreja, estamos submissos a Ele e temos n’Ele a nossa cabeça, o nosso rei e nosso Senhor.

Quanto nós, como corpo, precisamos de uma cabeça que nos governe, porque, como perece o corpo quando não tem uma cabeça governando! E precisamos ser essa cabeça do nosso próprio corpo, pois tem muito corpo desgovernado porque não tem cabeça ajuizada governando.

A Igreja, a humanidade e a sociedade estão “batendo cabeça”, os corpos estão se perdendo e a vida está perecendo. Estamos vivendo uma vida desgovernada porque não há quem nos governe. Quem nos governa, quem está à nossa frente é Cristo Jesus.

Deus nos deu um rei para que reine sobre nós, para que reinemos com Ele para sempre na eternidade

Sabemos que, na história do povo de Deus, houve um período em que o povo era governado sem rei, era o próprio Deus quem governava. E o povo pediu a Deus um rei, e Ele deu um rei, segundo o Seu coração, como deu Davi e Salomão. O grande rei que Deus nos deu é o Seu próprio Filho, não para um governo político e monárquico na compreensão dos tempos de hoje. Ele nos deu um rei para governar a nossa vida, para direcionar as nossas atitudes, para iluminar a sociedade e a humanidade. Ele nos deu um rei para que reine sobre nós, para que reinemos com Ele para sempre na eternidade.

Ele nos deu um rei que trouxe o Seu reinado para a Terra, mas o reinado de Cristo não é como os reinos deste mundo. Ele mesmo disse: “O meu reino não é deste mundo pagão, mundanizado”. O Reino de Deus é para quem obedece o Evangelho, para quem segue o Seu coração, para quem entrega a Ele o coração em espírito e verdade.

Proclamemos e aclamemos Cristo Rei e Senhor do Universo, mas proclamemos e aclamemos Cristo Rei e Senhor da vida.

Permitamos que a partir da cabeça, Cristo reine sobre os nossos pensamentos, sentimentos, nossa vontade e todo o nosso ser. Aclamemos Jesus como nosso Rei e Salvador.

Deus abençoe você!


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários

Pai das Misericórdias

Pedido de Oração

Enviar
  • Aplicativo Liturgia Diária

    Com o aplicativo Liturgia Diária – Canção Nova, você confere as leituras bíblicas diárias e uma reflexão do Evangelho em texto e áudio. E mais: você ainda pode agendar um horário para estudar a palavra por meio do aplicativo.