09 Apr 2021

O Ressuscitado ilumina as trevas do nosso coração

“‘Vinde comer’. Nenhum dos discípulos se atrevia a perguntar quem era ele, pois sabiam que era o Senhor” (João 21,12).

Até os discípulos chegarem à conclusão de que era Jesus quem estava no meio deles, o Senhor precisou trabalhar aqueles corações. O coração daqueles discípulos ainda estava movido pela incredulidade, pela ignorância de não conhecer as Escrituras e a verdade de Deus.

Jesus, o Ressuscitado, já havia se manifestado a eles, mas eles ainda não tinham sido libertos totalmente do medo, dos temores, dos receios, das dúvidas e das inquietações. Os discípulos de outrora somos nós os discípulos de hoje, que seguimos Jesus, que cremos n’Ele, mas ainda estamos cheios de medos, de dúvidas, de inquietações e incertezas.

Caminhamos tanto ainda no meio da penumbra da vida, cremos que Ele é a luz, mas, muitas vezes, o nosso coração volta-se mais para as trevas, para os medos, para as inquietações, para as perturbações que batem a nossa porta. Não sabemos lidar com as perdas nem com as frustrações.

Permitamos que a luz do Cristo Ressuscitado traga luz e paz para as inquietações do nosso coração

O Ressuscitado aparece à beira do mar de Tiberíades, no meio de uma grande frustração que os discípulos estão vivendo. Eles são pescadores, mas a pesca não está dando nada; jogam a rede para o lado e para o outro, mas nada dos peixes virem, por isso o coração está no desalento, está frustrado. Um coração desalentado, frustrado e desanimado não consegue enxergar o Ressuscitado.

O coração que está no desalento não fica atento à presença de Deus que está no meio de nós. Não se iluda, Deus não está conosco só na abundância, Ele está conosco também na carência, na frustração, está conosco na vitória e também na derrota; está conosco no êxito e, sobretudo, quando não temos êxitos naquilo que realizamos. Mas Ele traz a luz, a direção, e por isso manda lançar as redes para o outro lado. Escute o Ressuscitado! Nós, muitas vezes, estamos insistindo em caminhar em outra direção.

Deixemos que a luz de Cristo nos mostre a direção na qual devemos encaminhar a nossa vida. Não é porque sempre caminhamos por aqui que temos que ficar aqui; os peixes vão para outros lados, e Deus sabe qual é a direção para a qual a nossa vida deve caminhar.

Permitamos que a luz do Cristo Ressuscitado traga luz e paz para as inquietações da alma e do coração.

Deus abençoe você!


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários

Pai das Misericórdias

Pedido de Oração

Enviar
  • Aplicativo Liturgia Diária

    Com o aplicativo Liturgia Diária – Canção Nova, você confere as leituras bíblicas diárias e uma reflexão do Evangelho em texto e áudio. E mais: você ainda pode agendar um horário para estudar a palavra por meio do aplicativo.