20 Oct 2020

Estejamos sempre prontos para o encontro com o Senhor

“Que vossos rins estejam cingidos e as lâmpadas acesas. Sede como homens que estão esperando seu senhor voltar de uma festa de casamento, para lhe abrirem, imediatamente, a porta, logo que ele chegar e bater” (Lucas 12,35-36).

Que beleza e que graça saber que estamos esperando o Senhor chegar! O Senhor, o Noivo, está à porta, e a qualquer momento Ele chega, e não podemos abrir as portas da nossa casa, do nosso coração e da nossa vida com tudo despreparado e bagunçado.

Precisamos ser pessoas sempre prontas a partir, a morrer, a tomar outros caminhos. Temos que sair dessa cultura maldita de tudo improvisar e fazer de qualquer jeito, porque a nossa própria espiritualidade tem ficado bagunçada, pois temos levado a coisa de qualquer jeito e, com o perdão da expressão, “empurrando muitas vezes com a barriga”.

Não podemos deixar que a nossa espiritualidade seja daquelas pessoas imprudentes. Se há uma coisa que Jesus nos adverte é que precisamos estar sempre prontos. Precisamos, de fato, viver como pessoas que, a qualquer momento, têm que prestar conta da nossa vida.

Precisamos estar com os rins cingidos, ou seja, prontos a prestar contas, a irmos ao encontro do Senhor

Se eu chegar, agora, na sua casa e bater à sua porta, será que terei condição de entrar? Chegamos de surpresa na casa de alguém, e a pessoa não sabe o que faz: “Olha, o padre chegou!”, e corre dizendo: “Desculpe, está um pouco bagunçada a minha casa”. Mas, normalmente, está sempre bagunçada, está sempre desorganizada. Às vezes, o nosso quarto está sempre naquela reviravolta, naquela bagunça. Não podemos ficar acumulando coisas, não podemos ficar acumulando bagunças, não podemos deixar a nossa vida bagunçada.

É um mau costume, como é um mal ficarmos acumulando louças sobre louças, coisas sujas sobre coisas sujas, roupa suja sobre roupa suja, bagunça sobre bagunça. É um mal para a nossa vida espiritual ficarmos também deixando-a de uma forma procrastinada, ou seja: “Depois eu vejo isso”; “Depois eu organizo isso”. E, infelizmente, a nossa vida espiritual, a nossa vida humana, vira bagunça.

Precisamos estar com os rins cingidos, ou seja, prontos a prestar contas, a irmos ao encontro do Senhor. Se falarem: “Jesus está aí”, e dissermos: “Espera, vou me arrumar”, “Vou me confessar”… Ele vai e nós ficamos.

Não dá para improvisar, não dá para nos enganarmos, ficarmos iludidos, não dá para mentirmos para nós mesmos. Há muita coisa na nossa vida que está bagunçada aqui e acolá, e precisamos colocar em ordem, precisamos ser os verdadeiros amigos do Noivo, prontos para irmos ao Seu encontro a qualquer momento.

Deus abençoe você!


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários

Pai das Misericórdias

Pedido de Oração

Enviar
  • Aplicativo Liturgia Diária

    Com o aplicativo Liturgia Diária – Canção Nova, você confere as leituras bíblicas diárias e uma reflexão do Evangelho em texto e áudio. E mais: você ainda pode agendar um horário para estudar a palavra por meio do aplicativo.