20 Aug 2020

Deus não nos exclui do Seu Reino

“Mas os convidados não deram a menor atenção: um foi para o seu campo, outro para os seus negócios” (Mateus 22,5).

Essa parábola contada por Jesus a respeito do Reino dos Céus – comparando com a história do rei que preparou a festa de casamento do seu filho –, num primeiro momento, representa um significado muito triste.

Você sabe que, quando você prepara uma festa, um banquete, um almoço, um jantar, uma festa de casamento para os filhos, você escolhe a dedos quem vai convidar. É interessante que quem não é convidado se sente um pouco triste, porque não foi lembrado. Até dá para lembrar de todo mundo, o que não dá é para convidar todos, porque nem todo mundo vai caber ou assim por diante. Quem é convidado se sente especial.

É verdade que também dói no coração quando você convida alguém que não dá a mínima importância, nem sequer justifica que não poderá ir, que tem outro compromisso, que gostaria muito. Isso se chama pouco-caso.

Não faça pouco-caso com ninguém, para a mínima coisa. Se a pessoa teve consideração com você, esforce-se para ter consideração, não seja como esses convidados do Evangelho que fizeram pouco-caso, não deram atenção e cada um foi para os seus negócios, uns tinham campo, outros tinham outro trabalho e, enfim, todos tinham as suas ocupações. Não deram a “menor bola” nem a menor importância.

Deus não exclui ninguém do Seu Reino, mas muitos fazem pouco-caso ou tratam de qualquer jeito as coisas d’Ele

O rei ficou indignado, mandou as suas tropas incendiarem aquela cidade, matarem… Ele ficou enfurecido! É claro que aqui é uma história, e o rei, sentindo que fizeram pouco-caso dele, eliminou aquelas pessoas.

Muitas vezes, vamos eliminando da nossa lista de amigos, de pessoas queridas, as pessoas que fazem pouco-caso de nós. Lembramo-nos com muito carinho dessa ou daquela pessoa, mas se ela fez pouco-caso, de fato, ela não vai ter importância, porque ela não deu a importância que demos para ela.

O que Jesus está nos contando é para dizer que o Reino dos Céus é assim, Deus dá toda a importância para nós, Deus nos dá prioridades. Olhe quantos convites recebemos de Deus, para as coisas d’Ele, para os encontros d’Ele, para a mesa do banquete d’Ele, mas vai chegar uma hora que não vamos receber mais convite nenhum. E não é que Deus vai nos excluir, é que nós mesmos fizemos pouco-caso, fomos colocando sempre dificuldade. Quantos, hoje, também fazem pouco-caso com as coisas de Deus, quantos fazem pouco-caso parar orar a cada dia e para participar do banquete da Eucaristia!

Deus não exclui ninguém do Seu Reino, mas muitos fazem pouco-caso, tratam com indiferença, de qualquer jeito as coisas d’Ele. Muitas vezes, inventamos desculpas ou temos ocupações mais importantes. Deus não nos exclui, mas nós O excluímos ou fazemos pouco-caso daquilo que é o convite d’Ele para nós.

Deus abençoe você!


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários

Pai das Misericórdias

Pedido de Oração

Enviar
  • Aplicativo Liturgia Diária

    Com o aplicativo Liturgia Diária – Canção Nova, você confere as leituras bíblicas diárias e uma reflexão do Evangelho em texto e áudio. E mais: você ainda pode agendar um horário para estudar a palavra por meio do aplicativo.