15 jul 2014

Temos nos deixado converter pela Palavra de Deus?

Não é o título de cristãos que nos dará um lugar no Reino dos Céus. Temos de nos deixar moldar e converter pela Palavra de Deus.

Jesus começou a censurar as cidades onde fora realizada a maior parte de seus milagres, porque não se tinham convertido” (Mateus 11, 20).

 

Jesus, com toda a firmeza de coração, fala com muita dureza das cidades onde Ele pregou o Evangelho. Além de pregar o Evangelho e anunciar o Reino de Deus nesses locais, o Senhor realizou muitos prodígios e milagres nessas cidades, daí porque Ele as repreende: Ai de ti, Corazim! Ai de ti, Betsaida! Ai de ti Cafarnaum!” (Mateus 11, 21). O Senhor até diz que essas cidades serão jogadas no inferno, porque o que foi dado a elas não foi dado a tantas outras como, por exemplo, Sodoma e Gomorra, que foram condenadas. E que, se os prodígios que Corazim e Cafarnaum conheceram tivessem sido realizados em Sodoma ou Gomorra, essas cidades teriam se convertido. Por isso, o Senhor Jesus as repreende severamente. 

Por que Jesus as repreende? Porque o povo se acostumou com os milagres d’Ele e os tratou de forma muito comum, normal, “é assim mesmo”, aquilo que Jesus realizava e não aderiu ao principal, ao fundamental no Reino de Deus, que é a conversão e a mudança de vida.

Essa Palavra cai também em nossos corações, hoje, para dizer a mim e a você: “Ai de nós” se nos acostumarmos com os milagres de Deus, com a graça de Deus, com os sacramentos d’Ele e não deixarmos que essas palavras convertam o nosso coração! Sim, nós, muitas vezes, temos graças e privilégios no Reino de Deus que outros não os têm!

Não adianta nos sentirmos melhores porque vamos à Santa Missa todos os dias, porque vamos à Missa todos os domingos, porque escutamos a Palavra de Deus, porque somos do grupo tal, da pastoral tal, e não nos convertermos à Palavra de Deus e e não a deixarmos nos moldar e mudar o nosso comportamento.

O fato é esse, meus irmãos, nós precisamos ser convertidos a Deus, não é o título de cristãos, não é o fato de sermos membros da Igreja e de comungarmos o Corpo e o Sangue do Senhor que nos dará um lugar no Reino dos Céus. Isso se torna até um peso e uma exigência maior, pois, no dia do julgamento, seremos lembrados que muito recebemos e talvez não tenhamos levado tão a sério as graças abundantes que Deus nos concedeu.

É hora de “colocarmos nossa barba de molho” e revermos nossa vida. A Palavra de Deus tem nos convertido? Temos nos deixado converter por ela?

Deus abençoe você! 


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.

https://www.facebook.com/pe.rogeraraujo/?fref=ts

Comentários

Outubro

42%

Confira a revista deste mês
Pai das Misericórdias

Pedido de Oração

Enviar
  • Aplicativo Liturgia Diária

    Com o aplicativo Liturgia Diária – Canção Nova, você confere as leituras bíblicas diárias e uma reflexão do Evangelho em texto e áudio. E mais: você ainda pode agendar um horário para estudar a palavra por meio do aplicativo.


  • Comentários