02 mar 2017

Renunciar a si para seguir Cristo

É preciso ter disposição para seguir Cristo

“Se alguém me quer seguir, renuncie a si mesmo, tome sua cruz cada dia e me siga” (Lc 9,23)

É Jesus quem está fazendo um convite a nós, mas esse convite não é uma obrigação, porque se alguém quer realmente ser discípulos de Cristo, é preciso ter condições para isso; e a condição primeira é querer ser discípulo.

Ser discípulo de Jesus, na verdade, é a grande necessidade de nossa alma, de nosso coração. Podemos ser admiradores d’Ele, podemos fazer parte da multidão que sempre O acompanha de longe, mas nos tornarmos seguidores de Jesus é termos disposição de ir atrás d’Ele.

Quando digo “ir atrás”, é porque Ele vai à frente, é Ele quem nos direciona e segue o caminho que nos leva em direção ao Céu. Por isso, nós precisamos de um caminho na vida, uma direção a tomar, e essa direção tem nome: Jesus. Se você quer segui-Lo, primeiro é necessário renunciar a si mesmo.

A grande prova da vida é que somos muito apegados a nós mesmos, às nossa coisas, ao que temos e ao que não temos, à nossa forma de pensar, aquilo que está na nossa cabeça, pois, quando colocamos uma coisa na cabeça, nem Deus consegue tirá-la.

Para aderir ao pensamento de Cristo, para que a nossa mentalidade seja a mentalidade d’Ele, é preciso ter a capacidade de renúncia aos nossos afetos e sentimentos. Renunciar a si mesmo é abrir mão da forma egoísta, orgulhosa e soberba. Temos de encarar a vida.

Na verdade, precisamos de despojamento, despirmo-nos, colocarmos, muitas vezes, máscaras em nós, maquiagens em cima do nosso ser, e acabamos não sendo aquilo que, de fato, somos. Quando nos olhamos no espelho do jeito que somos, ali está a nossa face. Renuncie, pare de usar máscaras e fantasias. Precisamos de uma atitude de confiança naquele a quem queremos seguir quando somos capazes de renunciar a nós mesmos.

Quando sou capaz de colocar a vontade de Deus acima das minhas, cresce em mim um amor a Jesus Cristo e à Sua Palavra. Tome a sua cruz,  não a abandone, não fuja dela, não queira viver uma vida sem problemas.

Encaremos nossos problemas como desafios a serem superados, vencidos com a força do Alto, mas não fujamos das responsabilidades. Precisamos assumir aquilo que somos, assumir nossas fraquezas e debilidades. Eu posso transformá-las pelo poder de Deus, mas n’Ele só é transformado aquilo que é assumido, aquilo que deixamos de lado.

Por exemplo: você quer que Deus transforme seu casamento? Assuma o seu casamento. Você quer que Deus transforme as fraquezas do seu coração? Assuma-as, porque é ali que Ele quer entrar, quer fazer algo novo e transformar.

Sejamos discípulos de Jesus, sigamos seus passos, deixemos que Ele vá à frente e nós vamos atrás, olhando sempre para Ele sem perder a direção.

Deus abençoe você!

 


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.

https://www.facebook.com/pe.rogeraraujo/?fref=ts

Comentários

Outubro

49%

Confira a revista deste mês
Pai das Misericórdias

Pedido de Oração

Enviar
  • Aplicativo Liturgia Diária

    Com o aplicativo Liturgia Diária – Canção Nova, você confere as leituras bíblicas diárias e uma reflexão do Evangelho em texto e áudio. E mais: você ainda pode agendar um horário para estudar a palavra por meio do aplicativo.


  • Comentários