30 nov 2016

Precisamos levar as pessoas até Jesus

Temos que levar as pessoas para que se encontrem com Jesus, o Salvador

“Eles imediatamente deixaram as redes e o seguiram” (Mateus 4,20).

Hoje, celebramos o apóstolo Santo André, irmão de Simão Pedro. Os dois irmãos deixaram suas redes e foram atrás de Jesus, tornaram-se discípulos, apóstolos, seguidores do Mestre Jesus. Hoje, falando particularmente de André, há outra narrativa do Evangelho que nos mostra este apóstolo como aquele que vai levar Simão Pedro até Jesus.

André encontrou-se primeiro com Jesus, não foi numa única circunstância, mas hoje os dois vão juntos. Mas numa ocasião anterior, André foi primeiro, e foi dizer a seu irmão: “Encontrei o Messias”, e o conduziu pela mão.

Quando celebro o apóstolo Sandro André, gosto justamente de olhar para essa situação: como Deus precisa de mãos para que conduzam outras mãos, para que elas encontrem o caminho! Todos nós estamos em busca de um caminho, de uma luz, da verdade, da salvação, felicidade e direção para a nossa vida.

Há pessoas que nos levam para o mau caminho. E nós nos deixamos levar pelo mau caminho quando somos facilmente influenciados por outras pessoas. Muitas vezes, até andamos no caminho da salvação, mas nos deixamos influenciar por falácias, por pessoas que parecem convincentes naquilo que dizem, e essas pessoas vão nos seduzindo, conduzindo-nos pelas veredas de suas falácias, por suas filosofias e histórias.

O discípulo de Cristo é muito humilde, movido por uma profunda fé, mas, acima de tudo, por um encontro pessoal com Jesus. O discípulo de Cristo não leva a pessoa junto de si, leva-a para encontrar-se com Cristo. O discípulo de Cristo não forma discípulos para si, para que vá atrás dele, mas coloca as pessoas no caminho, no seguimento de Jesus.

Precisamos ter sabedoria, precisamos de apoio, mas temos que ter cuidado com isso, porque, quando temos confiança demais nas pessoas, chega uma hora que o apoio pode balançar, ir para lá e para cá e caímos juntos.

O nosso apoio, a nossa segurança é Jesus, e se precisamos levar as pessoas para que se salvem, não é para nós, pois não somos salvadores; temos de levar as pessoas para que se encontrem com Jesus, o Salvador.

André não levou seu irmão para junto de si: “Venha que o Salvador está em mim”, mas disse: “Vamos até Ele!”. Leve as pessoas para Jesus, leve-as para que se encontrem pessoalmente com Jesus, para que entreguem suas vidas a Ele. No início, podemos ajudar, devemos conduzir, podemos realmente mostrar o caminho, mas não podemos deixar que as pessoas parem em nós, porque vamos, porque seguimos, porque seguimos adiante. Mas que bom que aquela pessoa encontrou-se com o Mestre.

Veja: Simão Pedro vai se tornar, depois, até mais importante para o Mestre, devido aquilo que ele vai fazer e ser. Não podemos dizer que Pedro não seria Pedro, se não tivesse um irmão  como André, que o levou até Jesus.

Seja um irmão, o amigo do Esposo e leve as pessoas para Jesus e não para si.

Deus abençoe você!


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários

Setembro

35%

Confira a revista deste mês
Pai das Misericórdias

Pedido de Oração

Enviar
  • Aplicativo Liturgia Diária

    Com o aplicativo Liturgia Diária – Canção Nova, você confere as leituras bíblicas diárias e uma reflexão do Evangelho em texto e áudio. E mais: você ainda pode agendar um horário para estudar a palavra por meio do aplicativo.


  • Comentários