07 ago 2013

Por que você desanima tão facilmente?

Por que você desanima tão facilmente? Por que a sua fé não o leva a desafiar as próprias circunstâncias, as quais, muitas vezes, o afastam do Senhor?

“A mulher, aproximando-se, prostrou-se diante de Jesus e começou a implorar: ‘Senhor, socorre-me!’ Jesus lhe disse: ‘Não fica bem tirar o pão dos filhos para jogá-los aos cachorrinhos’. A mulher insistiu: ‘É verdade, Senhor; mas os cachorrinhos também comem as migalhas que caem da mesa de seus donos!’” (Mateus 15, 25-27).

Quando nós escutamos esse Evangelho, ficamos até um pouco assustados, porque essa mulher não fazia parte da região de Jesus como diziam os judeus: “Ela não fazia parte do povo eleito, era uma cananeia”. Mas era uma mulher insistente, por isso aproximou-se do Senhor, pois tinha uma filha cruelmente atormentada pelo demônio, e ela sabia que Jesus poderia fazer algo por ela.

No primeiro momento, ela grita, pede, e o Senhor, em passos lentos, continua Seu caminho, até que os discípulos querem afastá-la de Jesus. Então, Ele lhe responde: “Eu fui enviado somente às ovelhas perdidas da casa de Israel”. Nesse instante, a mulher mais uma vez insiste e diz: “Senhor, por favor, cure minha filha”.

A resposta de Jesus parece dolorosa, mas, na verdade, é um provérbio. Os judeus consideravam que aqueles que não faziam parte do povo eleito eram como cães. O Senhor foi até carinhoso ao dizer: “Não fica bem eu tirar o pão dos filhos para dar aos cachorrinhos”.

Que mulher de fé extraordinária! Ela não se convenceu com a colocação proverbial do Senhor. Nesse dia, ela venceu até Deus – a exemplo de Israel, quando este brigou com o Senhor e O venceu. Ela disse: “Senhor, é verdade, mas os cachorrinhos têm o direito de comer das migalhas que caem da mesa”. Ela implorou a Jesus o seu direito, nem que fossem as migalhas d’Ele.

A graça de Jesus veio para todos. Então, essa mulher não poderia ser excluída, por isso ela foi agraciada nesse primeiro instante, pois confiou, acreditou e foi insistente.

Por que você se exclui de Deus? Por que desanima tão facilmente? Por que a sua fé não o leva a ser confiante? Por que a sua fé não o leva a desafiar as próprias circunstâncias, as quais, muitas vezes, o afastam do Senhor?

Diga: “Senhor, eu, como um cachorrinho, tenho direito às migalhas”. Essas migalhas do Senhor cairão na sua mesa e no seu coração.

Deus abençoe você no dia de hoje!

:: Ouça esta reflexão no Canal Pod Homilia


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.

https://www.facebook.com/pe.rogeraraujo/?fref=ts

Comentários

Outubro

49%

Confira a revista deste mês
Pai das Misericórdias

Pedido de Oração

Enviar
  • Aplicativo Liturgia Diária

    Com o aplicativo Liturgia Diária – Canção Nova, você confere as leituras bíblicas diárias e uma reflexão do Evangelho em texto e áudio. E mais: você ainda pode agendar um horário para estudar a palavra por meio do aplicativo.


  • Comentários