27 jul 2014

Peçamos a Deus sabedoria para discernir entre o bem e o mal

É o Espírito Santo quem nos dá a sabedoria necessária para termos discernimento, prudência e para tomarmos as decisões corretas.

“Reino dos Céus é como um tesouro escondido no campo. Um homem o encontra e o mantém escondido” (Mateus 13, 44).

 

A Palavra de Deus, que nos é anunciada hoje, nos ajuda a entender o valor, a importância e o significado que o Reino de Deus tem para nós. Comparar o Reino de Deus com um tesouro ou com pérolas preciosas nos dá realmente a dimensão e o valor da importância que esse Reino tem para a nossa vida. Na verdade, ele significa tudo, não tem nada neste mundo mais importante do que ele e quem o descobriu, descobriu tudo! Descobriu a razão de viver, o sentido para a vida, porque o Reino de Deus nos traz a razão para o nosso viver.

A primeira leitura da Missa de hoje nos traz um grande ensinamento da maneira como devemos nos dirigir a Deus. Vemos Salomão, muito jovem e escolhido para ser o rei de Israel, se apresenta diante de Deus, ele poderia pedir o que quisesse diante da presença do Senhor, mas ele pede: “Senhor, conceda-me sabedoria, conceda-me um coração compreensivo capaz de governar o seu povo e saber discernir entre o bem e o mal”. O pedido de Salomão agradou tanto o Coração de Deus, porque ele [Salomão] não pediu vida longa, não pediu riquezas, não pediu morte para seus adversários, mas somente a sabedoria para praticar a justiça e fazer a vontade de Deus. Por isso o Senhor atendeu o pedido dele porque este agradou demais o Coração d’Ele.

Deixe-me dizer uma coisa a você: Nós, às vezes, nos preocupamos em pedir tantas coisas para Deus; pedimos saúde, pedimos vida melhor, pedimos paz e prosperidade. Não é errado pedir isso, cada um sabe das suas necessidades. Filho, apresente ao coração de Seu Pai aquilo que é necessidade do seu coração. Mas nós, muitas vezes, nos esquecemos de pedir o essencial, o fundamental, essa riqueza maior que se chama: Espírito Santo.

É o Espírito que nos dá a sabedoria necessária para termos discernimento, para termos prudência, para tomarmos as decisões corretas, para termos a fortaleza necessária. Por isso o pedido de Salomão agradou tanto ao Coração de Deus, porque ele não pediu nada pensando em si; ele pediu para praticar o bem e viver a vontade do Senhor!

Que hoje a Palavra de Deus venha ao nosso encontro irradiando em nosso coração essa vontade de pedir ao Senhor que nos dê o segredo do Seu Reino, que nos dê essas pérolas preciosas: os dons do Seu Santo Espírito e nos conceda, em abundância, a sabedoria e a capacidade de discernir entre o bem e o mal, entre o que é a vontade de Deus e o que não é a vontade do Senhor.

Deus abençoe você!


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.

https://www.facebook.com/pe.rogeraraujo/?fref=ts

Comentários