13 jun 2013

O que podemos aprender com Santo Antônio?

O que podemos aprender com Antônio, um santo tão querido e amado, no mundo inteiro? Primeiro, a sua fidelidade a Jesus Cristo e ao Evangelho.

Hoje, é dia de Santo Antônio de Pádua. Para os portugueses, ali, onde nasceu o santo, ele é o Santo Antônio de Lisboa, mas para os italianos, onde ele viveu seu ministério, é o Santo Antônio de Pádua.

De Pádua ou de Lisboa, o importante é que este santo é para nós o grande referencial na fé católica, na vivência dos mandamentos da Lei de Deus. Foi a Santo Antônio que São Francisco imbuiu de ensinar a Sagrada Teologia para os frágeis, para que o Evangelho de Jesus Cristo fosse pregado longe das heresias e dos erros tão comuns na época de Francisco.

O que podemos aprender com Antônio, um santo tão querido e amado, no mundo inteiro? Primeiro, a sua fidelidade a Jesus Cristo e ao Evangelho. Santo Antônio procurou levar uma vida austera, santa, desde os primórdios da sua vida, por causa de uma educação cristã familiar muito séria que ele recebeu. Entrou, primeiro, na Ordem dos Cônegos Regulares, mas saiu; depois, fez parte da Ordem Franciscana.

Ele foi um grande pregador do Evangelho, mas pregava, em primeiro lugar, com a vida. Era tão encantadora a vida de Antônio que até os passarinhos queriam ouvi-lo pregar, admirável era sua língua.

Quem vai a Pádua encontra, lá, um relicário com a língua desse santo tão abençoado. Mas por que, ali, está a língua de Antônio? Porque ela foi uma fonte de bênçãos e de graças, pois anunciou o Evangelho de Jesus Cristo, anunciou o amor, a Palavra de Deus, o Reino dos Céus; mas, acima de tudo, Santo Antônio não entregou sua língua ao pecado, à mentira, às fofocas que tanto mal faz aos homens no dias de hoje.

Aprendamos com Santo Antônio a usar bem nossa língua e não deixar que ela seja um instrumento para o mal.

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo – Comunidade Canção Nova

Comentários