02 jun 2014

O Espírito Santo é o amor de Deus em nós!

Não adianta termos muitos conceitos a respeito de Jesus, da Igreja, se não somos revigorados por essa força maravilhosa de Deus, que se chama Espírito Santo! Ele é uma Pessoa, Ele é o amor de Deus entre nós.

“Paulo impôs-lhes as mãos e sobre eles desceu o Espírito Santo” (Atos dos Apóstolos 19, 6).

 

O apóstolo Paulo chega hoje a Éfeso e, ali,  junto com os discípulos, ao anunciar o Evangelho, faz uma pergunta fundamental, porque ali existem discípulos de Jesus: “‘Vós recebestes o Espírito Santo quando abraçastes a fé?’ Eles responderam: ‘Nós nem sequer ouvimos dizer que existe o Espírito Santo’” (At 19, 2).

Sabem, meus irmãos, muitas pessoas, muitos de nós, abraçamos a fé, recebemos a fé, fomos até batizados, por ser uma tradição cristã em nossa casa, em nossa família, mas não disseram a nós que o Espírito Santo é a presença amorosa, a força amorosa, o Advogado, o Paráclito de Deus em nossa vida.

Não nos formaram para a vida no Espírito, não nos conscientizaram de que há um Espírito Santo e do que Ele faz em nós, de que forma Ele age em nós. Algumas pessoas até perguntam: “Escuta, mas existe um outro batismo?” Não, existe um só batismo e é o batismo que recebemos quando éramos crianças – pelo menos a maioria de nós – mas é que o batismo é uma graça recebida e, uma vez não cultivada, uma vez que não tomamos consciência daquilo que ele [batismo] fez em nós, essa graça fica como que escondida, parada, e não age em nós.

O que o apóstolo Paulo faz agora em Éfeso é o que nós precisamos fazer também em nossa vida e na vida daqueles que estão junto a nós: sermos conscientizados do Espírito que nós recebemos e novamente revitalizarmos este mesmo Espírito em nossa vida. Revigorarmos a graça do Espírito Santo em nossa vida é o que nós precisamos para viver a nossa fé de forma consciente e vigorosa; porque, senão, seremos cristãos mortos, sem graça, sem força, a nossa vida se tornará paralisada, como, muitas vezes, nos encontramos na fé.

Não adianta termos muitos conceitos a respeito de Jesus, da Igreja, se não somos revigorados por essa força maravilhosa de Deus, que se chama Espírito Santo! Ele é uma Pessoa, Ele é o amor de Deus entre nós.

O Espírito Santo é tudo aquilo de que nós precisamos para viver a nossa vida em Deus, e quando Ele vem a nós, e quando nós nos abrimos para essa graça do Espírito Santo,  Ele realiza a graça de Deus em nós por intermédio de sinais carismáticos e proféticos, porque, como lemos na passagem bíblica meditada hoje, uns começaram a falar em línguas, outros a profetizar (cf. At 19, 6).

Deixe-me dizer: Não despreze os dons do Espírito Santo de Deus! Não despreze os carismas do Espírito, não despreze os frutos do Espírito. Se você não os [carismas e frutos] entende, procure conhecê-los e entendê-los. Não vale ficar naquela de criticar, de achar tudo estranho. Experiencie, faça uma experiência pessoal em sua vida, abra o seu coração e deseje: “Eu quero o Espírito de Deus, eu quero o Espírito derramado no meu coração!”.

Peça que alguém que é da caminhada na Igreja ore por você, coloque as mãos sobre você e peça, ore para que o Espírito Santo seja derramado em seu coração. Ore para que o Espírito Santo seja revitalizado em você e faça isso onde você estiver.

O Espírito Santo de Deus faz toda a diferença em nossa vida, em nossa casa, em nossa família, em nossa comunidade!

Deus abençoe você!


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.

https://www.facebook.com/pe.rogeraraujo/?fref=ts

Comentários