27 out 2015

Nosso sofrimento nos une a Cristo

O sofrimento nos coloca mais perto de Deus e do Céu; o sofrimento nos une a Cristo crucificado, que deu Sua vida para a remissão dos pecados de muitas pessoas

 “Eu entendo que os sofrimentos do tempo presente nem merecem ser comparados com a glória que deve ser revelada em nós” (Romanos 8, 18).

São Paulo nos imerge na fé e na esperança do Reino definitivo sem nos tirar os pés do chão e da realidade do mundo em que vivemos. Não podemos negar que muitos são os sofrimentos do tempo presente, da vida momentânea que levamos; ao contrário, são diversos e, às vezes, em um grau de intensidade enorme.

Quantas dores, quantas situações de lamúria nós passamos! Há pessoas que parecem sofrer a vida inteira por situações que lhes causam dor e as deixam sem ânimo, sem perspectiva e esperança. A dor é demais; dói no físico, no corpo, na alma e no espírito.

Olhando de forma proporcional, a Palavra de Deus está nos dizendo que não há como compararmos os sofrimentos do tempo presente com a glória divina, com aquilo que o Senhor nos prepara. De fato, o prêmio, o presente eterno que Ele preparou para os justos é algo incalculável. Os olhos humanos não são capazes de ver nem a mentalidade humana de compreender a excelência que o amor do Pai preparou para os Seus eleitos amados, escolhidos e perseverantes no Seu Reino.

O sofrimento bem vivido produz santidade. Nenhum sentimento é perdido quando vivido na intensidade do Reino de Deus. Em reparação aos nossos pecados e os da humanidade, em oferecimento por todos os que sofrem como nós ou mais do que nós, não podemos desperdiçar os sofrimentos nem os transformar em um inferno para nossa alma e nosso coração.

O sofrimento nos coloca mais perto de Deus e do céu; ele nos une a Cristo crucificado, que deu Sua vida para a remissão dos pecados de muitos!

Todo sofrimento vivido em Deus é redentor, é salvífico e purifica a alma. Ninguém precisa procurar sofrimento, pois eles já existem, vêm nesta ou naquela circunstância. Uma hora sofremos menos outra mais, mas há pessoas, não podemos negar, que parecem passar a vida toda sofrendo com perdas, com situações complicadas e difíceis.

O mais belo é ver a pessoa passar pelo sofrimento e sorrir, porque se sente mais perto de Deus. É lamentável quem sofre e só encontra no sofrimento razão para murmurar e reclamar. O sofrimento nos salva se vivido com dignidade. A murmuração, a reclamação e o azedume nos afastam até do consolo divino.

Que Deus nos dê dignidade para sabermos superar os sofrimentos de cada dia!

Deus abençoe você!

Comentários