25 mar 2017

No ventre de Maria somos recriados!

Todos nós precisamos de um colo, de um ventre para sermos recriados na graça de Deus

“Não tenhas medo, Maria, porque encontraste graça diante de Deus. Eis que conceberás e darás à luz um filho, a quem porás o nome de Jesus” (Lucas 1, 31).

Para quem se aproxima de Deus e é agraciado por Ele, a primeira coisa que Deus fala ao coração é: “Não tenhas medo!”. Por isso, temos medo de tudo que está no mundo. Muitas vezes, temos medo até daquilo que é de Deus. Precisamos ser tementes a Ele, mas nunca ter medo d’Ele.

Maria era uma mulher totalmente temente, obediente, serva de Deus e toda d’Ele. Por isso, quem se entrega para ser do Senhor não pode ter medo dos desígnios amorosos d’Ele.

A primeira mensagem do anjo para Maria foi: “Não tenhas medo, Maria”. Ele não está dizendo isso, porque Maria foi uma mulher medrosa, mas sim porque nem ela podia entender, naquele primeiro momento, o que, te fato, Deus queria dela.

Ela mesma vai dizer: “Como isso se fará? Como eu ficarei grávida de Deus sem conhecer um homem?”. Não existe lógica humana para isso, ninguém pode ficar grávida, mulher nenhuma, sem ação humana. Há algo divino, milagroso e impossível que só o Céu pode fazer, realizando-se no ventre dessa mulher escolhida, chamada para realizar o grande milagre de renovação da humanidade.

Maria é, na verdade, o novo Céu e a nova Terra que Deus está criando. Assim como Ele criou o paraíso primeiro, e este se perdeu por causa dos pecados de nossos primeiros pais, agora, no ventre de Maria, está nascendo um novo paraíso onde brotará o Salvador, que virá nos salvar.

Isso é grande demais para ser compreendido! Maria quer apenas entender como vai colaborar com essa graça de Deus. “Não se preocupe, Maria, pois o espírito que virá sobre ti é o espírito que criou todas as coisas, no princípio de tudo, e é o mesmo que vai entrar no seu ventre e realizar a nova criação de Deus”. A nova criatura de Deus é redimida em Jesus, e esse homem Jesus nasce no ventre de Maria.

Que graça divina, que graça sublime, realmente extrema e maravilhosa Deus traz ao meio de nós e a realiza no ventre de Maria! Por isso, hoje só posso dizer: “Bendita és tu entre as mulheres! Bendita és tu que acreditou! Bendita és tu que se colocou-se à disposição! Bendita és tu que não temeu ao que Deus tinha para realizar em ti. Bendita sejas tu, Maria, porque o paraíso, o novo Céu, a nova Terra, começou no seu ventre, saiu de ti! Bendita sejas tu Maria, porque foste toda de Deus, templo, morada e lugar da nova criatura!”.

Todos nós precisamos de um colo, de um ventre para sermos recriados na graça de Deus. O ventre que Deus nos dá é abençoado da bem-aventurada sempre Virgem Maria. Aquela que concebeu em si o filho eterno de Deus, quer também nos acolher para que possamos renascer como novas criaturas para o Senhor!

Deus abençoe você!


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: mailto:padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários