21 jun 2014

Não permitamos que o dinheiro se torne o deus de nossa vida

Deus nos acompanha e nos ajuda a sermos vitoriosos desde que trabalhemos com o nosso coração e não fiquemos preocupados em sempre mais ter e servirmos ao dinheiro como nosso deus.

“Ninguém pode servir a dois senhores: pois, ou odiará um e amará o outro, ou será fiel a um e desprezará o outro. Vós não podeis servir a Deus e ao dinheiro” (Matheus 6, 24).

 

O dinheiro é um bem necessário para a nossa vida, nós precisamos dele para sobreviver, para comprar coisas, para evangelizar e fazer o bem, mas o que nós não podemos deixar é que ele vire um deus em nossa vida; porque, quando nós nos tornamos dependentes dele, a nossa vida gira em torno dele e da preocupação com ele. Porque, na verdade, há pessoas que dormem pensando em dinheiro, acordam pensando nele dinheiro, passam o dia pensando nele e nunca estão satisfeitas com aquilo que têm.

O que tem pouco se preocupa com o ter mais; o que tem mais se preocupa em ter mais e mais, desse modo, o dinheiro se torna uma obsessão em nossa vida. Nós nos tornamos, muitas vezes, obcecados em possuí-lo. Por isso a palavra-chave que Deus hoje quer colocar em nosso coração é “preocupação”, na verdade, o Senhor deseja tirá-la do nosso coração.

Jesus diz muitas vezes: “Não vos preocupeis! Não vos preocupeis com a vossa vida, com o que haveis de comer, de beber, com o que haveis de vestir, não vos preocupeis com o dia de amanhã“.

A cada dia basta o seu cuidado, porque as preocupações são tudo aquilo que ocupam o nosso coração antes do tempo. E toda pessoa preocupada é agitada, é ansiosa e nervosa e está sempre inquieta; e tudo aquilo que nos causa inquietação tira a nossa paz. Você pode dizer: “Mas eu tenho dívidas para pagar, eu tenho coisas para resolver!”. A vida anda, e desde quando preocupação paga a dívida de alguém? Desde quando agitar o coração resolve os nossos problemas?

É verdade que nós precisamos, a cada dia, correr atrás do nosso “pão nosso de cada dia”, e e quando temos o coração livre, desapegado, quando nós temos o nosso coração centrado no essencial é que Deus pode fazer mais por nós. Não pensemos que o nosso ser só vai se encher de pão ou que o nosso bolso vai se encher de dinheiro porque nós nos preocupamos e nos agitamos que Deus terá piedade de nós. Deus nos acompanha e nos ajuda a sermos vitoriosos desde que coloquemos n’Ele o nosso coração e não fiquemos preocupados em sempre mais ter, nem sirvamos ao dinheiro como se ele fosse nosso deus.

Que o bom Deus abençoe você!


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.

https://www.facebook.com/pe.rogeraraujo/?fref=ts

Comentários