26 fev 2016

Não permita que a inveja domine seus sentimentos e ações

A inveja é um sentimento terrível, por isso não permita que ela domine seus sentimentos e ações

“Aí vem o sonhador! Vamos matá-lo e lançá-lo numa cisterna, depois diremos que um animal feroz o devorou” (Gn 37, 19).

No contexto deste tempo da graça, que é a Quaresma, a Palavra de Deus alimenta nossos corações e nos ajuda a revisar nossa vida, vermos em que direção estamos caminhando.

Veja: José chamou à atenção seus irmãos para aquilo que ele era, um menino simples, com o coração muito humilde, mas agraciado por Deus. José tinha o dom de interpretar sonhos, e isso causou uma profunda ira e inveja no coração de seus irmãos. Estes, por causa disso, decidiram eliminar José.

Quando uma pessoa começa a causar incômodo por aquilo que é e faz, por aquilo que tem e consegue, provoca sentimentos negativos dentro de nós.

Às vezes, achamos que o problema é a pessoa, mas, na verdade, o problema é aquilo que nós alimentamos em relação a essa pessoa. Hoje, a Palavra de Deus está nos chamando à atenção: De que forma olhamos os irmãos que não queremos muito bem?

O primeiro sentimento a ser cuidado, o mais terrível de todos, é a maldita inveja, pois ela nunca vem sozinha, mas acompanhada dos piores dos sentimentos. A inveja traz raiva, ira, os sentimentos mais maldosos ao coração humano. Ninguém sabe que é invejoso ou, pior ainda, não reconhece que alimenta a inveja no seu coração.

Geralmente, quando a inveja toma conta de nós, ela nos deixa tão vazios em relação à caridade, à verdade e à bondade, que começamos a pecar gravemente contra a caridade.

Primeiro, falamos mal de quem invejamos. Os irmãos de José se reuniram e começaram a falar mal de dele, começaram, de fato, a difamá-lo, ver as coisas negativas que nem existiam em José, mas começaram a criá-las.

Fico pensando em tantos círculos, tantas pessoas que se reúnem para falar mal da vida dos outros! É a maior das pobrezas, é uma grande perda de tempo quando as pessoas se encontram não para falar dos valores da vida, mas para depreciar a imagem do outro.

Quando a inveja toma conta de alguém, ele não só começa a falar mal de uma pessoa como decide eliminá-las do seu coração. Isso é terrível, porque quando você decide matar alguém (pode ser que você não realize isso de forma física), acaba com a imagem dela, de modo que quem se aproxima de você já percebe muitas munições e balas para poder eliminar tal pessoa.

A inveja é diabólica, terrível e maldosa! A inveja é muito cruel, por isso os irmãos de José o venderam para outro. Não venda ninguém, não entregue ninguém nem difame ninguém! Seja qual for o mal que a pessoa possa ter feito a você, não gaste seu coração nem seus lábios para denegrir a imagem dela.

A misericórdia é o maior dos sentimentos que podemos ter, por maiores que sejam as misérias humanas. A inveja não vale a pena, pois se torna, realmente, uma agressão grave à caridade difamar, julgar, condenar e, sobretudo, vender ou eliminar os irmãos do meio de nós.

Deus abençoe você!

Veja a reflexão do dia de hoje:

repensando-a-vida

Adquira em nossa Loja Virtual o livro do Padre Roger


Comentários