18 ago 2014

Não despreze os mandamentos da Lei de Deus!

Não despreze os mandamentos da Lei de Deus, não despreze os mandamentos que aprendemos do coração de Deus. 

Se queres entrar na vida, observa os mandamentos” (Mateus 19, 17).

 

Um homem, uma pessoa, melhor dizendo: um jovem se aproxima hoje de Jesus e pergunta a Ele o que deve fazer de bom para possuir a vida eterna. Sabemos que, no desfecho final, esse jovem volta triste com a resposta de Jesus, porque ele era muito rico.

Deixe-me dizer uma coisa ao seu coração: para entrarmos na vida eterna ou para a vida eterna entrar em nós, Jesus nos coloca em dois caminhos essenciais, ou melhor ainda: as duas setas necessárias as quais não podemos ignorar. A primeira delas é: viver os mandamentos. Sabemos que viver os mandamentos da Lei de Deus não é uma coisa tão simples, mas como isso é necessário, como isso é importante, eles são a escada, são os degraus pelos quais precisamos subir para chegar até o coração de Deus!

Não despreze os mandamentos da Lei de Deus, não despreze os mandamentos que aprendemos do coração de Deus! É verdade que a sociedade em que vivemos não dá o devido valor e a importância que os mandamentos merecem ter. Muitos destes são até escarnecidos, desvalorizados e desprezados no mundo em que vivemos.

Já faz tempo que o domingo deixou de ser o Dia do Senhor para muitos; já faz muito tempo que honrar pai e mãe é uma coisa opcional. Na sociedade em que vivemos, o aborto e tantos outros valores que são atentados à vida estão em alta! E o que dizer do valor do matrimônio, da pureza, da castidade? Muitas vezes, até nós que somos de Deus desmerecemos ou não damos a devida importância a esses valores.

Mas se queremos entrar na vida e queremos viver a vida de Deus em nós, os mandamentos da Lei de Deus não podem ser desprezados por nós. Muito pelo contrário, devem ser valorizados, enaltecidos e, acima de tudo, devem ser cultivados e praticados onde vivemos e onde nós estamos.

Em segundo lugar, além de observarmos os mandamentos, também somos chamados por Jesus a viver o desapego, o despojamento, a não ter outro tesouro e outra riqueza maior do que Jesus. E é isso que entristece o coração daquele jovem e entristece o coração de muitos de nós; podemos até fazer todo o esforço para viver os mandamentos do Senhor, mas viver desapegados do que temos, ter que abrir mão dos valores materiais para sermos mais livres, no mundo em que vivemos, onde ter e possuir é o que manda no coração dos homens, muitas vezes, se torna difícil seguir Jesus e ter um coração livre, desapegado e despojado.

Hoje esse é o convite do Mestre a nós, e se queremos entrar na vida eterna, eis o caminho, eis a direção.

Deus abençoe você!


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.

https://www.facebook.com/pe.rogeraraujo/?fref=ts

Comentários

Outubro

51%

Confira a revista deste mês
Pai das Misericórdias

Pedido de Oração

Enviar
  • Aplicativo Liturgia Diária

    Com o aplicativo Liturgia Diária – Canção Nova, você confere as leituras bíblicas diárias e uma reflexão do Evangelho em texto e áudio. E mais: você ainda pode agendar um horário para estudar a palavra por meio do aplicativo.


  • Comentários