09 abr 2014

Jesus veio para nos libertar da escravidão do pecado

Não se condene, mas não se mantenha escravo de nada neste mundo, pois Jesus veio para nos libertar e nos fazer livres. E hoje a Palavra de Deus quer nos libertar de toda escravidão do pecado!

“Em verdade, em verdade vos digo, todo aquele que comete pecado é escravo do pecado. O escravo não permanece para sempre numa família, mas o filho permanece nela para sempre” (João 8, 34-35).

 

A Palavra de Deus, hoje, nos permite refletir sobre aquilo que o pecado provoca em nós e aquilo que a graça de Deus pode fazer em nós e em nossa vida. Primeiramente, é óbvio que o pecado nos mantém cativos e escravos dele. Olhando a história, ou, melhor ainda: esse embate que há entre Jesus e os judeus que se opõem a Ele há um terrível pecado ali: o pecado de não querer reconhecer Jesus como Senhor.

Sabem quando alguém coloca alguma coisa na cabeça e não quer mudar e não quer aceitar? Não aceita ser corrigido, não aceita nem refletir sobre o assunto? E a pior das durezas é a incapacidade de refletirmos e de mudarmos nossas atitudes! É dela que brota o autoritarismo e deste vem todas as outras formas de ignorância humana, que nos mantém cativos, presos e escravos das nossas atitudes. O orgulho e a soberba são venenos terríveis para a nossa vida espiritual, para a nossa vida com Deus.

Na passagem bíblica de hoje Jesus mostra aos judeus onde está o pecado neles, sobretudo, o pecado de não saber reconhecê-Lo. E você sabe que eles começam então a se contradizer, eles começam então a rebater o que o Senhor lhes diz, porque eles não aceitam, de forma nenhuma, a verdade que Jesus nos traz!

Não há problema em assumir as nossas fraquezas e as nossas misérias. O problema é quando o pecado nos corrói, nos corrompe e nos mantém cativos dele e quando ele cega a nossa visão e a nossa maneira de ver e nos quer convencer de que o errado está certo. Quando quer nos mostrar que não há problema e não há erro em muitas coisas incorretas e injustas que fazemos; e quando nos deixa conformados às injustiças, à mentira, a uma vida hipócrita, como se não tivesse problema em viver assim.

O problema do pecado é nos acomodarmos a ele e nos tornarmos cativos, reféns e escravos daquilo que ele é. Deus hoje não quer apontar nenhuma condenação a você, mas a Palavra d’Ele hoje quer nos iluminar para discernirmos: que pecado e que situação pecaminosa nos mantêm cativos? Pode ser que sejam coisas que estejam em nosso interior, que só nós mesmos fazemos e sabemos que é errado. Não se condene, mas não se mantenha escravo de nada neste mundo, pois Jesus veio para nos libertar e nos fazer livres. E hoje a Palavra de Deus quer nos libertar de toda escravidão do pecado!

Que Deus abençoe você!

 

Comentários