04 jan 2014

Jesus é o Mestre da vida

Toda a Sua vida é uma escola, toda a companhia de Jesus é um verdadeiro  discipulado, um aprendizado!

Naquele tempo, João estava de novo com dois de seus discípulos e, vendo Jesus passar, disse: ”Eis o Cordeiro de Deus!” (Jo 1, 35-36).

 

Hoje nós queremos aprender uma outra coisa com João: aquele que sabe algo não pode saber só para si, mas aquele que sabe e, sobretudo, conhece e tem conhecimento do Reino de Deus, aponta para os outros, jamais para em si, jamais guarda para si, mas aponta para os outros onde está o caminho. Não se faz de caminho, nem quer as pessoas dependendo dele,  aponta que a salvação, a cura e a libertação estão n’Ele. E é por isso que os dois discípulos, que estavam ali conversando com João, ao ficarem maravilhados com o que ele falava, são interrompidos por ele [João]: Não sou eu não! Eis ali, é Ele é o Cordeiro de Deus! (cf. Jo 35, 36)

Por isso os discípulos de João não ficaram com João e em João, eles entenderam que quem trazia vida para eles era Jesus. Foram atrás de Cristo e disseram: “Rabi” que quer dizer: “Mestre”. Jesus, além de ser o Cordeiro, Aquele que nos lava e nos purifica dos nossos pecados, também é o nosso Rabi, o nosso Mestre.

Mestre é aquele que ensina, que aponta a direção. Mas o Mestre Jesus, o Rabi Jesus, não ensina apenas teorias, como nós aprendemos nas escolas e nas universidades da vida. Jesus nos mostra a Sua vida; a vida de Jesus é vivida com autoridade, porque Ele dá exemplo, porque Ele vive aquilo que prega. Por isso Ele é, para nós, o Mestre por excelência.

Toda a Sua vida é uma escola, toda a companhia de Jesus é um verdadeiro discipulado, um aprendizado! E por isso aqueles que se tornam Seus seguidores se tornam Seus discípulos e Seus alunos e aprendem com o Mestre da vida como devem viver. E a escola de Jesus vai aumentando porque, além de ter os discípulos de João, André também se encontra com o Senhor. Aquele André, irmão de Simão Pedro, também vai atrás do seu irmão e diz: “Irmão, encontramos o Messias”, e o Messias aqui quer dizer o ”Cristo”.

Seja você, como João, seja você como André; mostre para as pessoas, para os seus amigos, mostre para quem vive ao seu lado, aponte quem é o Cordeiro, quem é o Rabino, ou melhor, quem é o Mestre, quem é o Messias.

Quando as pessoas encontram na sua vida alguém que as liberte do pecado, alguém que lhes mostre a direção da vida, Alguém que é o verdadeiro Salvador, elas têm a sua vida renovada. Saibam, meus irmãos, que no mundo em que vivemos ainda são milhões e milhões de pessoas que não conhecem Jesus como Senhor e Salvador!

O nosso dedo não é para apontar o pecado das pessoas, o nosso dedo serve para mostrar quem é o caminho de salvação e libertação para os pecados da humanidade.

 Que Deus abençoe você!

 

Comentários