03 jun 2014

Jesus é a ponte que nos conduz ao coração do Pai

Jesus é nosso eterno intercessor, Ele é a ponte que nos conduz ao coração do Pai.

“Eu te rogo por eles. Não te rogo pelo mundo, mas por aqueles que me deste, porque são teus” (João 16, 9).

 

Hoje Jesus conclui a Sua oração de despedida, a sua última oração antes de ser glorificado. Quando falamos da glorificação de Jesus, falamos da Sua entrega amorosa para morrer por todos nós. O Evangelho de João nos dá a graça de poder sentir o coração de Jesus em Seus últimos momentos antes de ser preso, na chamada “oração sacerdotal”. É uma oração muito amorosa, uma oração cheia de confiança do amor de Deus, é uma oração repleta de doçura e de amor, inspirada naquela relação mais profunda e íntima que Jesus tem com Seu Pai.

Nessa última parte, nesse pedaço final dessa oração, Jesus ora por Seus apóstolos, por aqueles que são mais íntimos d’Ele, aqueles que caminharam com Ele. Jesus pede por eles e por todos aqueles que, ao longo da história, vão segui-Lo. Como Ele mesmo disse: “Não Pai, não estou orando pelo mundo não! Agora é especificamente por eles que estou pedindo!”.

Eu gostaria de dizer que é por mim e por você que nos tornamos discípulos do Senhor que Ele faz essa súplica maravilhosa ao coração de Deus. Jesus é nosso eterno intercessor, Ele é a ponte que nos conduz ao coração do Pai e, assim, como Ele orou, assim como Ele intercedeu, assim como Ele pediu, a nossa oração incessante precisa ser como a oração d’Ele! Primeiro, nós precisamos ir ao coração do Pai, nós precisamos cultivar essa relação amorosa e pessoal com o Pai e dirigirmos a Ele tudo aquilo que são os anseios da nossa alma e do nosso coração, derramar o nosso coração na presença desse Pai amoroso.

Quem ora, não ora só por si, não pede só por si, quem ora, clama, roga, intercede pelos outros. Nós, hoje, nos unimos a Jesus para orarmos pela nossa casa, para orarmos pela nossa família, para orarmos pelos nossos. Quantas pessoas precisam dessa proteção de Deus, desse consolo, dessa força de Deus. Como o mundo precisa de pessoas de joelhos no silêncio da adoração, clamando, pedindo e suplicando, como Jesus está fazendo a nós na Sua prece final!

Que a oração de Jesus, que chegou ao coração do Pai, faça com que também as nossas orações feitas com fé e com confiança cheguem ao coração de Deus e sejamos intercessores uns dos outros!

Deus abençoe você!


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.

https://www.facebook.com/pe.rogeraraujo/?fref=ts

Comentários