02 jan 2014

Jesus é a direção para a nossa vida

Ele é o caminho, a verdade e a vida!

”Eu batizo com água; mas no meio de vós está aquele que vós não conheceis, e que vem depois de mim. Eu não mereço desamarrar a correia de suas sandálias” (João 1, 26-27).

 

Os discípulos de João Batista ficaram encantados com as pregações e com os ensinamentos dele e com tudo aquilo que ele fazia para anunciar o Reino de Deus. Mas João mesmo diz: “Não sou eu! Eu não sou profeta, eu não sou o Messias”. E as pessoas perguntavam: “Mas, quem és afinal?” O povo queria saber quem era João! E este disse: “Eu sou apenas uma voz, que grita no deserto, eu apenas uso a água, como instrumento para lavar, purificar, batizar. Mas o verdadeiro batismo, é Ele que vos dará!”

Meus irmãos, a Palavra de Deus, hoje, nos ajuda a refletir sobre um assunto muito sério. Nós, muitas vezes, buscamos nos pregadores, nos cantores e nas pessoas que nos anunciam Deus e não vamos Àquele que, na verdade, é a unção, é a cura, é a libertação, é o motivo da nossa pregação e de tudo aquilo que nós fazemos. Pregadores passam, vêm e vão, quem permanece é o Senhor nosso Deus!

Por isso, hoje, a nossa atenção, como está nos chamando à atenção João Batista, não deve se voltar para as pessoas, não deve se voltar para este ou para aquele, porque “este prega bem, fala bem, anuncia bem”, mas sim para o Senhor a quem ele anuncia, para o Mestre a quem ele anuncia, para o caminho, para a direção que é Jesus.

Quem sou eu para desamarrar as Suas sandálias? Quem sou eu para chegar aos pés do Mestre? Não é a mim que as pessoas devem vir, mas a Ele, somente a Ele, o Mestre Jesus! Todos nós estamos à procura de uma direção na vida em busca de um sentido para nossa existência, em busca de uma direção para aquilo que fazemos e realizamos.

O ano de 2014 está se iniciando, que tenhamos um bom propósito para este ano: olharmos para Jesus, fazermos d’Ele o referencial e a direção da nossa vida, não pararmos nas pessoas. As pessoas nos mostram a direção, que as pessoas sejam certas para nós, mas, nós não devemos parar nelas. Nós só encontramos a maturidade da nossa vida espiritual, da nossa relação com Deus, quando não paramos em pessoas, mas quando paramos em Deus.

Se os discípulos de João Batista tivessem parado nele eles não teriam conhecido a salvação; porque João era apenas uma voz; a Palavra, que salva, é Jesus. Nós não paramos nas pregações, nós paramos no Senhor. Ele é o caminho, a verdade e a vida!

Que Deus abençoe você!

 


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.

https://www.facebook.com/pe.rogeraraujo/?fref=ts

Comentários

Setembro

47%

Confira a revista deste mês
Pai das Misericórdias

Pedido de Oração

Enviar
  • Aplicativo Liturgia Diária

    Com o aplicativo Liturgia Diária – Canção Nova, você confere as leituras bíblicas diárias e uma reflexão do Evangelho em texto e áudio. E mais: você ainda pode agendar um horário para estudar a palavra por meio do aplicativo.


  • Comentários