01 jan 2014

A paz é um dom de Deus

Nós ansiamos pela paz, desejamos a paz, precisamos da paz!

”O Senhor volte para ti o seu rosto e te dê a paz!” (Números 6, 26).

 

No primeiro dia deste ano que se inicia, a Igreja nos dá a graça de celebrar a Solenidade de Santa Maria, a Mãe de Deus. E toda a humanidade celebra o Dia Mundial da Paz. Nós ansiamos pela paz, desejamos a paz, precisamos da paz. E não é somente a paz como a ausência de guerras e conflitos entre os povos e as nações, mas a paz interior, a paz dos corações, a paz com nós mesmos, aquela paz que vem do Coração de Deus. É por isso que a bênção que recebemos hoje, na primeira leitura do Livro dos Números, que Aarão dá a seus filhos, é a bênção da paz. É assim que a Palavra diz: “Que o Senhor volte o seu rosto para nós e nos dê a sua paz!”

Quando nós nos voltamos para o Senhor, quando nós fazemos o propósito de andarmos na direção do Senhor, em Sua face, no Seu rosto, nós encontramos a paz. Seja qualquer situação que estejamos vivendo a paz é um dom de Deus! Mesmo que existam muitos conflitos em nossas casas, em nossas famílias, mesmo que estejamos em momentos difíceis de crise, o importante é não perder a paz e não perder a direção.

Ela vem de um coração sereno, que sabe onde colocou a confiança, de um coração que sabe colocar no Senhor a esperança. Neste ano que se inicia, desejo que eu e você, que nossas casas, nossas famílias sejam celeiros da paz, que nós sejamos promotores da paz. Que deixemos de lado aquelas animosidades dos pequenos conflitos, os arranhões que outrora machucaram o nosso coração. Deixemos de lado, sobretudo, o espírito de acusação, essa história de vivermos acusando uns aos outros, de querermos fazer justiça com nossas mãos, de querermos ser reconhecidos e de que a verdade está do nosso lado.

Que hoje assumamos um novo propósito para a nossa vida e que, em todos os dias do ano que se inicia, o ano do Senhor de 2014, a paz seja um compromisso de vida para todos nós.

Ajude-nos, hoje, a Mãe de Deus, a Senhora da paz, aquela que acolheu Jesus no seu ventre, que é o Príncipe da paz. Do jeito de Maria, no silêncio de Maria, na serenidade daquela que é a Mãe de Deus, vivamos a paz entre nós.

Que Deus abençoe você!

 


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.

https://www.facebook.com/pe.rogeraraujo/?fref=ts

Comentários