01 mar 2014

A oração deve ser o motor que move a nossa relação com Deus

Só a oração consegue nos manter com os pés no chão, ajudando-nos a não perdemos a sobriedade quando passamos por momento de grande êxito; e a não desanimarmos quando enfrentamos as adversidades.

”Caríssimos, se alguém dentre vós está sofrendo, recorra à oração. Se alguém está alegre, entoe hinos” (Tg 5,13).

 

Estamos meditando a Carta de São Tiago com todos aqueles ensinamentos maravilhosos que ele nos traz e, hoje, ele nos ensina a importância, a obrigação, o bálsamo e o remédio que é a oração para a nossa vida, a oração insistente e perseverante. Quer dizer: orarmos em todas as circunstâncias da vida e fazermos da nossa vida uma oração constante. Não rezamos só em certos momentos da vida!

Como a Palavra de Deus nos diz hoje: se alguém está sofrendo: recorra à oração, transforme a sua oração, suas lágrimas, suas dores e tudo o que você está passando em uma verdadeira prece a Deus. Uma prece de um angustiado, de um sofredor; faça do sofrimento a sua oração e o seu caminho para chegar até Deus.

E se você vive um momento de euforia, de alegria, de vitória, de êxito, transforme tudo isso em hinos de louvor, de agradecimento, de reconhecimento pela manifestação bondosa de Deus em sua vida. Mas se alguém está muito doente e sem forças para rezar, mande chamar o sacerdote, o presbítero, para que este vá levar a unção dos enfermos a essa pessoa.

Estando com saúde, estando enfermo; não importa a nossa situação, o importante é entendermos esse remédio fundamental, que é alívio e conforto para a nossa alma: a oração.

A oração deve ser o motor que move a nossa relação com Deus, só a oração é capaz de dar sentido aos sofrimentos, às tristezas, às decepções por que nós passamos na vida. Só a oração consegue nos manter com os pés no chão, ajudando-nos a não perdemos a sobriedade quando passamos por momento de grande êxito; e a não desanimarmos quando enfrentamos as adversidades.

A oração é atitude de alguém que confia sempre em Deus, que sabe que precisa do Seu socorro, do Seu auxílio e da Sua ajuda, por isso, recorre sempre a Ele. A Palavra de Deus nos chama à atenção, hoje, também sobre a importância e o valor da intercessão, de orarmos uns pelos outros. Primeiro: procurarmos o santo remédio da confissão, reconhecendo a nossa pobreza, a nossa miséria e irmos confessar os nossos pecados. Segundo: alguém estando doente, alguém precisando (e quem de nós não precisa de oração?), é importante orarmos uns pelos outros!

Mamãe, coloque a mão sobre seu filho e reze por ele; mulher, reze pelo seu marido, coloque a mão sobre ele, mesmo que ele não goste de oração; com ele dormindo, com ele acordado, não importa! A oração feita com fé é eficaz e poderosa! Usemos essa graça que Deus nos deu, porque a oração do justo movimenta os Céus!

Deus abençoe você!

 

Comentários