13 jun 2015

A exemplo de Maria, tenhamos um coração pleno em Deus

O Imaculado Coração de Maria é para nós espelho, modelo e referência de pureza, de bondade e retidão que todos nós precisamos ter para viver a santidade e a alegria plena do Reino de Deus.

Por que me procuráveis? Não sabíeis que devo ocupar-me das coisas de meu Pai?” (Lucas 2, 49).

Celebramos hoje a Festa do Imaculado Coração de Maria, o Imaculado Coração da Mãe de Deus, semelhante ao de Jesus, marcado pela pureza e pela bondade e, sobretudo, totalmente voltado para Deus.

Por mais que tenhamos o coração em Deus, este tem suas inquietações, preocupações e aflições. Maria hoje representa para nós o coração de todas as mães: inquietas, preocupadas, que cuidam e dão tudo de si para seus filhos. Nossa Senhora está preocupada porque seu Filho, havia alguns dias, estava perdido em meio àquela festa. Não que Jesus lhe desse trabalho ou fosse causa de preocupação, mas coração de mãe é coração de mãe: se preocupa, quer saber, quer notícias, corre atrás do filho.

Por isso ela vai atrás de José para lhe perguntar sobre o paradeiro do Filho (cf. Lc 2, 43-45). E quando O encontram, encontram aquele Menino de doze anos, despreocupado, livre, tranquilo entre os doutores da Lei de Deus, procurando saber coisas deles e ouvir deles e, ao mesmo tempo, demonstrando tamanha sabedoria a ponto de impressionar os doutores da Lei e todos os que O escutavam (cf. Lc 2, 46-48).

É por isso que os pais de Jesus se aproximam d’Ele e a mãe manifesta a inquietação do seu coração dizendo-Lhe: “Meu filho, por que fizestes isso conosco? Andamos te procurando por todos os lados!” (Lc 2, 48). Até com certa aflição no coração, é como se Jesus lhe dissesse: “Mamãe, não se preocupe! A senhora sabe que a minha missão é me ocupar com as coisas do Pai e com as coisas do alto!” (cf. Lc 2, 49).

Maria ainda não compreendia bem a missão do Filho (cf. Lc 2, 50), ela sabia, pois foi o anjo quem a convidou e quem lha revelou, mas ela não tinha dimensão da grandeza sobre o que, pouco a pouco, seu Filho ia vivendo e se transformando; ela apenas se abria e se entregava ao coração do Pai. Ao coração do Pai ela entregava todo o seu coração e se conformava dia a dia com o Reino de Deus.

O Imaculado Coração de Maria é para nós espelho, modelo e referência; primeiramente devido à pureza, à bondade, à  retidão que todos nós precisamos ter e também por ser modelo de um coração inquieto pelo Reino de Deus, que passa pelas aflições, pelas dificuldades, pelas limitações, mas que repousa em Deus e não tira d’Ele a sua confiança.

Que o Imaculado Coração de Maria triunfe entre nós e para nós e nos conduza cada vez mais ao Reino de Deus e ao coração do seu Filho, Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo!

Deus abençoe você!


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários

Setembro

50%

Confira a revista deste mês
Pai das Misericórdias

Pedido de Oração

Enviar
  • Aplicativo Liturgia Diária

    Com o aplicativo Liturgia Diária – Canção Nova, você confere as leituras bíblicas diárias e uma reflexão do Evangelho em texto e áudio. E mais: você ainda pode agendar um horário para estudar a palavra por meio do aplicativo.


  • Comentários