04 Oct 2018

Precisamos ganhar almas para o Reino de Deus

 Quando vamos anunciar o Reino de Deus, precisamos ganhar almas para Jesus, pessoas para o Reino de Deus

Não leveis bolsa nem sacola nem sandálias, e não cumprimenteis ninguém pelo caminho! Em qualquer casa em que entrardes, dizei primeiro: ‘A paz esteja nesta casa!’” (Lucas 10,4-5).

Os discípulos de Jesus levavam o Reino de Deus a todos os lugares. E como precisamos levar o Reino para as nossas casas, famílias, povoados, grandes cidades, para as metrópoles e a zona rural! O Reino de Deus tem que ser anunciado. Mas como anunciá-lo? Com desprendimento e sem preocupações humanas. Que preocupações humanas são essas? São aquelas da nossa humanidade, que está sempre tensa com as coisas. “O que vou conseguir? O que vou fazer?”

Quando anunciamos o Reino de Deus, ocupamo-nos com ele e não com as coisas materiais nem com as vantagens que vamos levar. Quando anunciamos o Reino, precisamos ganhar almas para Jesus, pessoas para Ele. Não há nada que se compare a uma alma convertida e evangelizada. Por isso, anuncie com desprendimento, tenha tempo na sua vida para anunciar o Evangelho.

Se o coração precisa estar desprendido, o que vamos levar para a casa ou para as pessoas ao anunciarmos o Reino de Deus? Levamos a paz. Em qualquer casa que entrarmos, dizemos: “A paz esteja nesta casa!”, porque as casas do mundo inteiro estão necessitando de paz. O que entra pela televisão e pelas redes sociais, o que entra no meio em que estamos, são os conflitos, as guerras, disputas e os desentendimentos por qualquer coisa.

Quem é de Deus promove a paz, faz a paz acontecer. Pode ser que você não saia da sua casa para ir pessoalmente à casa de outra pessoa, mas, hoje, no mundo em que estamos das redes sociais e os vários mecanismos para se evangelizar, como televisão, rádio e internet, precisam promover a paz.

Se você é um homem e uma mulher de Deus, não promovam a guerra, porque não é com guerra que levamos o Reino de Deus. Não coloquem as pessoas umas contra as outras, não promovam acusações. Sejam, de fato, promotores da paz. Desprendam-se de si mesmos, das suas convicções, opiniões políticas e partidárias, desprendam-se daquilo que vocês acham ser certo ou errado do outro. Tenham, no coração, a paz verdadeira, a paz que vem do coração de Deus.

Não há dom maior que possamos oferecer ao outro do que a paz que vem de Deus. Onde quer que entremos com uma mensagem, com um link que enviamos, com o que temos para enviar ao outro, enviemos, sobretudo, a paz; e não promovamos a guerra.

Deus abençoe você!


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Ajude a Canção Nova!

0%

Confira a ediçao especial da revista
Pai das Misericórdias

Pedido de Oração

Enviar
  • Aplicativo Liturgia Diária

    Com o aplicativo Liturgia Diária – Canção Nova, você confere as leituras bíblicas diárias e uma reflexão do Evangelho em texto e áudio. E mais: você ainda pode agendar um horário para estudar a palavra por meio do aplicativo.