12 Jan 2018

O pecado paralisa a nossa vida

Busquemos ir ao encontro de Jesus para renunciarmos ao pecado, nos purificarmos e sermos renovados e curados por Ele

Quando viu a fé daqueles homens, Jesus disse ao paralítico: ‘Filho, os teus pecados estão perdoados’” (Marcos 2,5).

Uma grande multidão está aglutinada em torno de Jesus, essa multidão queria ouvi-Lo, queria tocar em Jesus e ser tocada por Ele. Outros, no meio daquela multidão, estavam em busca de novidade, em busca de uma palavra para a sua vida e assim por diante.

O paralítico não podia chegar até Jesus, ele não tinha mobilidade. Por isso, quatro homens de fé e convicção pegaram aquele paralítico e deram um jeito de levá-lo até Jesus. Eles passaram por meio daquela multidão, mas não conseguiram entrar na casa, então, eles deram um jeito de entrar pelo teto daquela casa, para que o paralítico pudesse ir ao encontro de Jesus.

Esses homens são exemplos do que nós devemos ser. Precisamos ir até Jesus! Esses homens foram ao encontro de Jesus e foram tocados, transformados por Ele, e com a fé que tinham, levaram aqueles que não podiam chegar até Jesus.

Seja um instrumento, um canal da graça, seja o meio para levar a Jesus, esse mundo tão paralisado. Leve a Ele, aquelas pessoas que estão paralisadas nas diversas situações da vida, e que não podem chegar até a Jesus. Precisamos dar o melhor de nós, o nosso esforço, o nosso tempo, a nossa dedicação, e em muitas situações precisamos pegar a pessoa pela mão, pelos braços e até mesmo pelo colo, mas levá-las para que sejam tocadas por Jesus.

A graça que Jesus trouxe para aquele homem, não foi somente de libertá-lo da paralisia física, Jesus o libertou daquilo que paralisava a sua vida, por isso Ele disse: “Os teus pecados estão perdoados”.

Precisamos ter consciência da forma como o pecado paralisa a nossa vida, como ele deixa a nossa vida realmente parada. Não nos permite ir para frente, de irmos para as águas mais profundas. O pecado vai criando um embaraço em nossas pernas, em nossa mobilidade; o pecado vai criando em nós, uma situação onde tudo se embaralha e fica confuso. Muitos dizem: “Eu quero colocar ordem na minha vida. Eu quero que a minha vida vá para frente”. Mas, não é possível uma vida ir “pra frente” paralisada em meio ao pecado.

Eu não sei qual é o pecado que nós temos, mas, humildemente, reconhecemos que nós temos pecados e, mas muitas vezes, nos conformamos com nossos pecados, paramos ou nos deparamos com ele, e dizemos assim: “Eu sou assim. É assim que eu quero viver”; e não saímos do pecado e ele também não sai de nós. E quando o pecado não sai de nós, ele nos embaraça, prende; e proclama-nos reféns dele. Posso dizer no plural, porque, todos nós, nos tornamos reféns dos “pecados”.

Diante de Jesus que perdoa os nossos pecados, nos liberta de nossas paralisias, busquemos ir ao encontro d’Ele, para renunciarmos ao pecado, nos purificarmos dele e sermos renovados e curados por Ele.

Levanta-te e anda, porque, o Senhor, nos quer de pé, Ele não nos quer paralisados na vida.

Deus abençoe você!


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Janeiro

61%

Confira a revista deste mês
Pai das Misericórdias

Pedido de Oração

Enviar
  • Aplicativo Liturgia Diária

    Com o aplicativo Liturgia Diária – Canção Nova, você confere as leituras bíblicas diárias e uma reflexão do Evangelho em texto e áudio. E mais: você ainda pode agendar um horário para estudar a palavra por meio do aplicativo.