06 out 2017

A penitência é caminho de conversão para nossa vida

Não esperemos somente a Quaresma para fazermos alguma penitência

“Ai de ti, Corazim! Ai de ti, Betsaida! Porque se em Tiro e Sidônia tivessem sido realizados os milagres que foram feitos no vosso meio, há muito tempo teriam feito penitência, vestindo-se de cilício e sentando-se sobre cinzas” (Lucas 10,13).

A expressão “ai” é muito dolorosa, é uma expressão de coitado, aquela que Jesus disse para todas estas cidades: Cafarnaum, Betsaida, Tiro e Sidônia.

Que cidades são essas? São as cidades que receberam o anúncio do Evangelho, que receberam a presença de Jesus, a proximidade do Reino. No entanto, em muitas dessas cidades, os habitantes foram frios, indiferentes, não se deixaram converter pela Palavra de Deus.

Outras cidades, que não tiveram o privilégio ou a graça de receber o Senhor, se O tivessem recebido, teriam se vestido do cilício, do flagelo e teriam buscado a penitência e a conversão. Toda vez que a Palavra de Deus vier ao nosso encontro, é um apelo e um chamado, para que o nosso coração se converta e para que façamos penitência.

O que é penitência senão reparar o erro, o pecado e a maldade? Reparar as coisas que estamos fazendo, que não estão de acordo com a vontade de Deus?

Meus irmãos e irmãs, todo tempo é de penitência. Não esperemos somente a Quaresma para fazermos alguma penitência, mortificação. Somos chamados, a cada dia, a mortificarmos nossa carne, nossa vontade naquilo que ela ainda não se converteu para o Reino de Deus.

Não fiquemos esperando a Quaresma do ano que vem para tomarmos uma atitude de mudança. Escutemos a voz do Senhor e não endureçamos o nosso coração, não o deixemos fechado. Ao ouvirmos a voz do Senhor, deixemos que a luz nos toque, que ela nos convença e converta. Tenhamos atitudes de mudança, procuremos não só nos convencer: “Eu sou um pecador. Eu sou uma pessoa errada”, mas é preciso reparar as atitudes, é preciso reparar e consertar aquilo que não está certo, que não está correto, que não está de acordo com a vontade de Deus.

É preciso ter penitência como caminho de conversão cada dia na nossa vida. Penitência concreta, mudanças de atitudes, de gestos e modo de ser, que nos mostre que o Reino de Deus está no meio de nós.

Deus abençoe você!


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários

Outubro

51%

Confira a revista deste mês
Pai das Misericórdias

Pedido de Oração

Enviar
  • Aplicativo Liturgia Diária

    Com o aplicativo Liturgia Diária – Canção Nova, você confere as leituras bíblicas diárias e uma reflexão do Evangelho em texto e áudio. E mais: você ainda pode agendar um horário para estudar a palavra por meio do aplicativo.


  • Comentários