15 Nov 2019

Estejamos preparados para o encontro com o Senhor

Eles comiam, bebiam, casavam-se e davam-se em casamento, até o dia em que Noé entrou na arca. Então, chegou o dilúvio e fez morrer todos eles” (Lucas 17,27).

As pessoas perguntam quando Jesus virá, quando será o fim do mundo, quando, definitivamente, o Senhor estará para sempre no meio de nós. E Jesus nos dá os sinais, Ele mesmo nos alerta que, assim como nos dias de Noé em que todos viviam a sua vida sem preocupações, sem cuidarem, sem vigiar e quando entraram na barca da salvação, o dilúvio veio e levou a todos que estavam vivendo as suas tarefas e obrigações, porém, não estavam em Deus. Não importa o dia e nem a hora, não importa se vamos morrer hoje, amanhã ou daqui a cem anos. Precisamos viver hoje como se fosse o último dia da nossa vida, como se hoje fôssemos ao encontro do Senhor.

Eu sei que todos nós suplicamos demais para prolongar a nossa vida, para chegarmos a uma idade idosa e, só depois que não tiver mais jeito, então, morrermos. Não dá para esperar e dizer que vai ser assim. Seremos como as virgens imprevidentes, imprudentes que não abasteciam o óleo da lâmpada e não estavam vigilantes e nem preparadas. Aqui não é a cultura do medo da morte ou medo da tragédia, mas é para estarmos sempre preparados.

Estamos vendo crianças morrerem ainda crianças, assim também acontece com adolescentes, jovens e adultos. Nós não queremos e nem Deus quer que seja assim, mas são tantos incidentes, acidentes, tantas coisas imprevistas… São tantas situações complexas do mundo em que vivemos.

O que podemos fazer é vivermos a espiritualidade da vigilância, do cuidado, da responsabilidade com nossos atos e atitudes. Temos de ser aquela noiva que está esperando o noivo chegar e não se descuida porque ele atrasou e não chegou. Estamos sempre indo ao encontro do Senhor, porque Ele está sempre vindo ao nosso encontro.

O importante é estarmos preparados a cada dia, para que o Senhor venha ao nosso encontro em cada dia da nossa vida

Eu devo dormir a cada dia como se dormisse nos braços de Deus e acordasse na presença d’Ele. Por isso, precisamos nos vigiar a cada dia naquilo que fazemos. Não significa que vamos deixar de comer e beber, as pessoas não vão deixar de se casar; mas não podemos viver de qualquer jeito, levar a vida e dizer: “Olha, eu vou me converter lá na frente. Eu vou me arrepender desse pecado na hora da morte”. Nem sabemos quando ela chega ou quando iremos ao encontro do Senhor e quando Ele virá ao nosso. O importante é estarmos preparados a cada dia, para que o Senhor venha ao nosso encontro em cada dia da nossa vida.

Eu sei que cedemos muito à cultura do improviso, vamos improvisando e na hora damos um jeito. Assim como nos dias de Ló comiam e bebiam, mas quando menos esperaram, a tragédia veio. A mulher de Ló ainda olhou para trás, por isso, virou uma estátua de sal, porque não vai dar tempo de olhar para trás e nem correr para resolver isso e aquilo. O importante é que a nossa vida esteja resolvida, cuidada, administrada e arrumada a cada dia. Não deixe para arrumar a sua cama só quando chegar alguém para visitar a sua casa e olhar o seu quarto, deixe a sua cama arrumada todos os dias, porque toda hora Jesus está conosco, a Sua presença está na nossa vida.

Assim como devemos arrumar a nossa cama, arrumemos também o nosso coração, porque ele é o lugar da morada de Deus.

Deus abençoe você!


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários

Pai das Misericórdias

Pedido de Oração

Enviar
  • Aplicativo Liturgia Diária

    Com o aplicativo Liturgia Diária – Canção Nova, você confere as leituras bíblicas diárias e uma reflexão do Evangelho em texto e áudio. E mais: você ainda pode agendar um horário para estudar a palavra por meio do aplicativo.