15 fev 2011

Você acredita na Providência Divina?

No Evangelho de hoje dois pontos chamam atenção: a menção de Jesus para que os discípulos tomem cuidado com o fermento dos fariseus e de Herodes, e a reação d’Ele ao ver que os discípulos acharam que Ele estava falando sobre comida.

Primeiro precisamos entender de que fermento Jesus estava falando quando se referiu aos fariseus e a Herodes. Isso fica fácil quando sabemos o que movia Herodes e os fariseus: o poder e a vaidade. E era disso que o Senhor estava falando quando pediu que eles [discípulos] tivessem cuidado, pois queria que não fossem movidos pelo poder e pela vaidade. Mas os discípulos pensaram que o Mestre estava falando sobre fermento porque eles tinham apenas um pão no barco onde eles estavam. Por essa razão, Jesus se decepciona com a lentidão de pensamento de Seus seguidores.

Por mais que Jesus lhes mostrasse prodígios e milagres, os discípulos não O entendiam porque tinham o pensamento obscurecido pelas coisas materiais e porque não O escutavam com o coração. Mesmo depois dos milagres da multiplicação dos pães eles continuavam inseguros com relação à sobrevivência. Cristo os advertia sobre “o fermento dos fariseus” (a falsidade), mas eles não compreendiam sobre o que Ele estava falando. O homem tem fome de Deus e se confunde pensando que a sua fome é de pão material. Assim somos nós também: “tendo olhos, nós não vemos e tendo ouvidos, nós não ouvimos”. Temos o coração endurecido e não enxergamos o poder de Deus para providenciar tudo de que precisamos na nossa vida.

A mensagem de hoje é para que não sejamos como Herodes ou os fariseus, que se orgulhavam do poder e da vaidade. Devemos ser o contrário disso: humildes e servidores, assim como foi Jesus. Os frutos que iremos colher virão bem depois.

Você tem medo de passar necessidades no futuro? – Você acredita na Providência de Deus? – Você consegue entender espiritualmente os ensinamentos de Jesus para sua vida?

Pai, reforça minha fé na Tua Providência paterna, que se manifesta de tantos modos em minha vida e livra-me de colocar minha esperança nas coisas deste mundo.

Padre Bantu Mendonça

Fonte: Retirado do Blog do padre Bantu

Comentários