13 abr 2012

Sem a presença de Cristo por perto, nada conseguiremos

Pela terceira vez, Jesus aparece a Seus amigos. Desta vez, foi junto ao lago de Tiberíades. O que mais se destaca aqui é a fé em Jesus que brota do coração, e não dos olhos somente. Somos convidados a confiar no testemunho idôneo daqueles que O rodearam e adquiriram o conhecimento da verdade, do testemunho da Sua ressurreição.

A certeza de que o Senhor está vivo é o testemunho autêntico daqueles a quem Ele apareceu e a Sua própria Palavra no mar de Tiberíades. Infelizmente, ainda hoje, muitas dúvidas vão persistindo, algumas vezes na nossa mente, induzida pelos “profetas das desgraças” que espalham falsas doutrinas, às vezes, com fundamentos cientificamente comprovados. Mas tudo isso porque somos homens e mulheres de pouca fé. Perdoa-nos, Senhor, a nossa mesquinhez e nos auxilia a crescer na fé em Sua Pessoa e Palavra!

Senhor Jesus, caminhe lado a lado conosco na estrada da nossa vida. Acompanhe-nos em nossas amarguras e tristezas. Raramente, porém, conseguimos ter os olhos abertos para vê-Lo e os ouvidos atentos para escutá-Lo.

Minha irmã e meu irmão, Deus o chama! Será que o caminho que você está tentando seguir – e que não está dando muito certo – é o caminho de Jesus? Aquele que disse “Eu sou o caminho, a verdade e a vida” está conosco.

Ele nos convida a lançar a rede para o outro lado da barca. Você se preocupa com o seu sustento? Não se preocupe, pois Ele cuidará de tudo. É só confiar e jogar a sua rede do outro lado. Converter é mudar de rumo, de direção. Converta-se! Mude agora o seu caminho para Deus e será uma pessoa nova como o Cristo ressuscitado!

Muitas vezes, a canseira do dia a dia nos torna “quebrados” e sem rumo na vida. Sem a presença de Cristo, o barco da nossa vida regressa do mar vazio sem peixe. A nossa vida fica sem sabor e razão de viver. Só com a presença do Cristo Ressuscitado tudo ganha sentido. Foi assim para os discípulos no mar de Tiberíades.

Temos a certeza de que, sem Jesus, a canseira de uma noite inteira de pescaria resultaria inútil. Contudo, à indicação da Palavra d’Aquele que venceu a morte – e que se encontra na margem do nosso desespero – ocorre milagrosamente uma abundância de peixes nas redes da nossa vida, a ponto de quase se romperem!

É verdade, Jesus, eu creio! Sem o Senhor por perto, nada conseguiremos. A nossa sabedoria, a nossa habilidade, os nossos conhecimentos nada conseguem se a Sua presença não orientar a nossa ação. Por isso, insistentemente, eu Lhe suplico, Senhor Jesus, que a Sua presença sempre se faça sentir na nossa ação cotidiana e que, jamais, empreendamos qualquer atividade sem tê-Lo presente como guia, conselheiro e distribuidor providente de todo o nosso alimento que fortifica e dá sentido à nossa vida.

Pai, que a presença do Ressuscitado reforce a comunhão com meus irmãos e minhas irmãs de fé, a fim de podermos atrair para Ele muitas outras pessoas de boa vontade.

Padre Bantu Mendonça

Comentários