01 fev 2011

Seja firme na fé!

O Evangelho de hoje narra a realização de dois grandes milagres: a cura da mulher que tinha uma hemorragia havia 12 anos, e a “reanimação” de uma menina de 12 anos que havia sido dada como morta. Além da repetição desses 12 anos nas duas histórias, existe outro fato em comum: a fé das pessoas envolvidas. E é sobre ela que iremos falar hoje.

“Não tenhas medo. Basta ter fé”. Eis o segredo de 99% das pessoas que conseguem alcançar seus objetivos: elas têm fé. O 1% restante consegue seus objetivos por sorte, ou porque alguém conseguiu por ele(a). Ter fé implica acreditar em algo de forma a não haver espaço para dúvidas de que aquilo de que se tem fé seja real.

A multidão que seguia Jesus O comprimia, mas somente quem se aproximou d’Ele, quem O tocou, testemunhou a sua fé e recebeu a cura. Muitas vezes, seguimos Jesus no meio da multidão, sem ter consciência do que queremos, do que precisamos, tampouco conhecemos a realidade da nossa vida e das nossas necessidades. Queremos tudo e não conseguimos nada. Jairo, o chefe da sinagoga, aproximou-se de Cristo, caiu a Seus pés e foi determinado e firme quando disse ao Mestre: “Minha filhinha está nas últimas, vem e põe as mãos sobre ela!” Jesus deu ouvidos ao pedido daquele pai, que rogou pela filha com fé, e o acompanhou até a sua casa reanimando a menina que apenas dormia. “Não tenhas medo. Basta ter fé”, disse-lhe Jesus. Pedido de pai é importante para Deus! O pai que tem fé tem autoridade para pedir o que é bom para o seu filho, porque será atendido. Deus entregou os Seus filhos e as suas filhas aos pais, portanto, eles têm prioridade diante do Senhor nos seus pedidos.

A caminho da casa de Jairo, Jesus foi tocado por uma mulher que se consumia havia doze anos, perdendo sangue, isto é, perdendo vida. Devia ser uma mulher já cansada de lutar com os meios humanos, pois já havia gasto tudo o que possuía e não tinha mais nada. Muitas vezes, quando nós não temos mais nada nem mais aonde correr é que nós buscamos Aquele que é tudo. Por isso, aquela mulher se aproximou de Cristo com muita fé e apenas tocou-Lhe o manto dirigindo-se a Ele com a força do seu pensamento. Os nossos pensamentos são o começo para todo o processo que regula as nossas ações, por isso, a hemorragia parou imediatamente. Jesus precisa perceber que nós O buscamos e que O tocamos com os nossos pensamentos, com os nossos anseios. É muito importante que Ele alcance o nosso desejo sincero: Isto é ter fé! A hemorroíssa enfrentou a todos para tocar o Senhor. Não se importou em expor a sua enfermidade que, naquela época, era considerada uma maldição. Jesus também conhece quando nós O procuramos de coração, quando não temos dúvidas em expor as nossas mazelas, quando passamos vexames porque todos estão descobrindo os nossos segredos, porque temos fé! Que a fé, portanto, seja o nosso maior motivo para procurá-Lo.

Hoje Marcos nos mostra duas histórias de fé. No caso da mulher hemorroíssa, ela TINHA CERTEZA de que, se tocasse na orla do manto de Jesus, ficaria curada. E assim foi! No caso da menina de 12 anos, precisou da fé de seu pai, que insistiu e persistiu com Jesus, apesar de as pessoas dizerem que não adiantava mais, pois ela já estava morta. Cristo chamou os discípulos de confiança, os pais da menina, pegou na mão desta e pediu que ela se levantasse… e ela se levantou e se pôs a andar. Mais um milagre de fé. Se Jesus não tivesse certeza de que poderia fazer esse milagre, certamente não teria conseguido. Mas o Senhor não teve dúvidas, em momento algum, de que Ele era capaz de realizar aquele milagre. Podiam caçoar e zombar d’Ele à vontade… E é assim que devemos ser: firmes na fé!

Então, primeiramente, que tenhamos objetivos e metas para alcançar na vida, e saibamos que só iremos alcançá-los se nos comportarmos hoje como se já soubéssemos que é apenas uma questão de tempo e paciência, somados ao nosso esforço e a bênção de Deus, para conseguir alcançar o que desejamos. Deus faz a parte d’Ele, mas não irá fazer a nossa parte!

Você já tentou se aproximar de Jesus com fé e tocar no seu manto com os seus pensamentos? Você tem vergonha de expor diante da multidão as suas mazelas quando você se aproxima do Senhor? Você tem fé que Jesus pode curá-lo dos vícios que você carrega?

Pai, torna-me solidário com todas as vítimas da exclusão social, especialmente, as mulheres, a exemplo de Jesus que as libertou da opressão em que se encontravam.

Padre Bantu Mendonça

Fonte: Retirado do Blog do padre Bantu


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.

https://www.facebook.com/pe.rogeraraujo/?fref=ts

Comentários