07 Nov 2017

Retiremos do nosso coração toda indiferença

Há uma indiferença, uns dando desculpas para não se comprometer com Deus, para não participar do banquete da vida

Na hora do banquete, mandou seu empregado dizer aos convidados: ‘Vinde, pois tudo está pronto’. Mas todos, um a um, começaram a dar desculpas. O primeiro disse: ‘Comprei um campo, e preciso ir vê-lo’(Lucas 14,16-18).

Que tristeza para esse homem que deu um grande banquete! Ele preparou o melhor banquete e mandou convidar os amigos, as pessoas mais próximas, para que viessem ao seu banquete, mas as respostas foram as desculpas que cada um tinha que dar, de modo que nenhum daqueles que foram convidados puderam ir a esse banquete.

É verdade que o homem ficou muito triste, indignado, mandou chamar aqueles que ninguém chamaria: os coxos, os aleijados, aqueles que viviam nas praças e ninguém dava nada por eles.

Cuidado com a frieza e a indiferença de uns para com os outros. Qualquer um de nós fica chateado quando fazemos algo, chamamos o irmão, e ele simplesmente dá desculpas esfarrapadas, uma desculpa qualquer para nem dar atenção ao convite, a atenção que nós tivemos
para com essa ou aquela pessoa.

Do mesmo jeito, há uma frieza, uma indiferença, há sempre uns dando desculpas para não se comprometer com Deus, para não participar do banquete da vida, para não participar do banquete que Deus preparou para nós.

Depois que nós estamos um tempo na caminhada, sentimo-nos diplomados, sentimos que fizemos tudo que podíamos para Deus. Não temos que fazer nada para Deus, foi Ele quem fez para nós, foi Ele quem nos preparou o banquete, de modo que a artimanha da vida é ir nos arrancando, arrefecendo nosso coração, esmorecendo nossa vontade, de maneira que, com o tempo, não nos comprometamos, sempre arrumamos desculpas para isso ou para aquilo que Deus quer e precisa de nós.

Precisamos ser prudentes? Sim! Precisamos ver o que podemos e o que não podemos, mas ser indiferente, frio ou tratar as coisas de Deus de qualquer jeito, jamais!

Que não percamos o nosso lugar no coração de Deus, porque muitos daqueles que não damos nada para eles, ocuparão lugares melhores ou os nossos lugares no coração de Deus, no Reino definitivo, por causa da nossa frieza ou da nossa indiferença.

Deus abençoe você!


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários

Novembro

47%

Confira a revista deste mês
Pai das Misericórdias

Pedido de Oração

Enviar
  • Aplicativo Liturgia Diária

    Com o aplicativo Liturgia Diária – Canção Nova, você confere as leituras bíblicas diárias e uma reflexão do Evangelho em texto e áudio. E mais: você ainda pode agendar um horário para estudar a palavra por meio do aplicativo.


  • Comentários