26 mar 2016

Que as sementes da ressurreição brotem em nosso coração

É preciso deixar que as sementes da ressurreição brotem em nosso coração e que nossa vida testemunhe ao mundo que Cristo está vivo e no meio de nós

Pelo batismo na sua morte, fomos sepultados com ele, para que, como Cristo ressuscitou dos mortos pela glória do Pai, assim também nós levemos uma vida nova” (Rm 6, 4).

 

Neste dia, em que nos preparamos para celebrar de forma tão solene a Vigília Pascal, a Ressurreição gloriosa de Cristo, precisamos ir até nossa alma, nosso coração e às decisões que fazemos em nossa vida, para que os acontecimentos pascais aconteçam dentro do nosso coração e da nossa vida.

A Páscoa é a decisão de passar do homem velho para o novo, do homem que não conhecia Cristo ou O conhecia de forma superficial, para o homem que O conhece de forma profunda e apaixonante. Páscoa é transformação, libertação, restauração e vida nova! Páscoa não é apenas memória, recordação de um acontecimento passado, mas memória viva e atual, é a celebração, com Cristo, da vida nova que Ele nos trouxe.

É preciso deixar que as sementes da Ressurreição de Jesus brotem em nossa alma e coração, e que nossas obras e nossa vida testemunhem para o mundo que Cristo está vivo e no meio de nós!

Celebremos a Páscoa de Cristo com o coração renovado e com sentimentos novos! Nada de levar para frente as velhas mágoas, os rancores e ressentimentos antigos, nada de levar para frente aquilo que torna nossa vida viciante, velha e sem gosto; nada de cultivar sentimentos negativos, nada de permanecer na mesma tristeza e no inconformismo. Nada de perder a esperança e nos entregarmos ao desânimo, vencidos pelo cansaço, pela dor ou sofrimento.

A vida pode até continuar do mesmo jeito, porém, a cada dia, temos um leão a vencer, uma dificuldade a enfrentar, mas o gosto será outro e a visão diferente, quando soubermos transfigurar todas as coisas no olhar do Cristo ressuscitado.

Que a Páscoa não seja uma simples celebração daquilo que se realizou na vida de Cristo, mas que seja a celebração daquilo que Deus realiza em nossa vida. Ele nos tira da sepultura, da vida velha, e nos convida a cantar “Aleluia” e “Glória no mais alto dos Céus”, com a nossa vida e com nosso testemunho!

Deus abençoe você!

repensando-a-vida

Adquira em nossa Loja Virtual o livro do Padre Roger


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: mailto:padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários