09 Jan 2018

Precisamos silenciar o espírito do mal

Jesus veio para destruir o poder do mal, para tirar aquilo que o maligno tem feito

“Estava então na sinagoga um homem possuído por um espírito mau. Ele gritou: “Que queres de nós, Jesus Nazareno? Vieste para nos destruir? Eu sei quem tu és: tu és o Santo de Deus”. Jesus o intimou: “Cala-te e sai dele!” (Mc 1,23-25).

A cada dia procuramos conhecer Jesus. O Evangelho de hoje, aponta-nos duas coisas importantes. A primeira delas: Jesus nos ensina a viver. Quando Jesus entrou na sinagoga, começou a ensinar com autoridade, com a vida. Ensinar com autoridade é ensinar com a seriedade necessária para que, a vida seja tocada e transformada por esse ensinamento.

Não é ensinar por ensinar ou conhecer por conhecer. Quem ensina crê naquilo que ensina, e coloca em prática aquilo que crê. Nossos ensinos, muitas vezes, não têm surtido efeito, não têm tocado nem nos nossos filhos, porque não temos autoridade para pregar ou ensinar, porque não demonstramos crer naquilo que ensinamos; não procuramos viver aquilo que queremos falar aos outros. O ensino com autoridade é aquele que vem com a vida.

A segunda coisa: aproximou-se de Jesus um homem possuído por um espírito maligno. O maligno começou a vociferar, ele sabia quem era Jesus, ele disse: “Eu sei quem Tu és. Eu sei que vieste para nos instruir, pois Tu és o Santo de Deus”. O maligno disse a verdade, pois, Jesus veio para destruir o poder do mal, para tirar aquilo que o maligno tem feito; porque ele tem destruído e arruinado a nossa vida. Jesus não quer a nossa vida destruída, Ele não quer que a nossa família destruída e arruinada pelo poder do mal.

Precisamos fazer o que Jesus fez, Ele intimou o mal e disse: “Cala-te”. Não podemos deixar o mal falar em nossa vida, não podemos dar voz ao mal. E para não dar voz ao mal é preciso cortar o que ele está falando em nossos ouvidos. O mal fala pela fofoca, pela maledicência, pelas intrigas, pela inveja, pelo ciúmes, pelo orgulho, pelos ressentimentos. Cala-te ressentimento! Cala-te inveja! Cala-te fofoca! Cala-te espírito perturbador que está dentro de nós.

Jesus disse ao maligno: “Cala-te e sai”. Precisamos silenciar o espírito do mal e pedir: “Saia de mim. Saia da minha vida, dos meus pensamentos, dos meus sentimentos e do meu coração”.

Não podemos deixar que, a força do mal, habite no coração que Deus renova a cada dia.

Diga a Jesus: “Eu sei quem Tu és! É Aquele que ensina com autoridade a Lei de Deus e expulsa o mal da nossa vida”. 

Deus abençoe você!

 


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Ajude a Canção Nova!

0%

Confira a ediçao especial da revista
Pai das Misericórdias

Pedido de Oração

Enviar
  • Aplicativo Liturgia Diária

    Com o aplicativo Liturgia Diária – Canção Nova, você confere as leituras bíblicas diárias e uma reflexão do Evangelho em texto e áudio. E mais: você ainda pode agendar um horário para estudar a palavra por meio do aplicativo.