22 Jun 2011

Os que realmente são de Deus dão bons frutos

Jesus, no Evangelho de hoje, chama-nos a uma vigilância redobrada. Devemos estar sempre de sobreaviso com respeito aos falsos profetas: “Cuidado com os falsos profetas”. Quem são e o que fazem? São pessoas que nos querem convencer de que têm mensagens de Deus, para tirar vantagens da nossa credulidade.

“Eles chegam disfarçados de ovelhas, mas por dentro são lobos selvagens”. São todos aqueles que se disfarçam colocando uma “capa” de humildade e mansidão para se parecer com os verdadeiros crentes, mas, na realidade, são ferozes destruidores, cujo intuito é tirar proveito dos imaturos, dos instáveis e dos ingênuos que lhes dão ouvidos, afastando-os de Cristo e da Sua Palavra.

Se estivermos em atenção máxima, o Senhor no-lo declara: “Pelos seus frutos os conhecereis”. Talvez possam parecer convincentes pelas suas palavras e pela sua falsa aparência, mas eles se revelarão pelo seu procedimento. Lembra-nos Jesus que, “os espinheiros não dão uvas, e os pés de urtiga não dão figos. Assim, toda árvore boa dá frutas boas, e a árvore que não presta dá frutas ruins. A árvore boa não pode dar frutas ruins, e a árvore que não presta não pode dar frutas boas”.

Os que realmente são de Deus dão bons frutos. E, segundo São Paulo, estes frutos são: “amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, lealdade, mansidão, domínio próprio. Contra estas coisas não existe lei”. (cf. Gálatas 5,22-23)

Os falsos profetas serão reconhecidos pela falta destas virtudes, e serão denunciados pela Palavra de Deus. Seu destino é serem lançados no fogo, a perdição eterna.

A você, meu irmão, eu me dirijo: Que tipo de árvore você é? Pelos seus frutos será reconhecido se é boa ou má. Você é bom ou mau profeta? O mundo está cheio de profetas da desgraça. Por isso, chega dos que já temos!

Neste Evangelho, Jesus quer te dar uma chance de mudar de vida. Inxerte-se n’Ele – que é a Videira que tem como agricultor o Seu próprio Pai – a fim de que possa dar bons frutos.

Quero lembrar a você de que o bom profeta não é aquele que diz e faz “o que o povo gosta”. O bom profeta é aquele que diz o que o povo deve fazer e ouvir para poder se salvar. Isto muitas vezes o coloca em risco e até o leva ao derramamento de sangue.

Padre Bantu Mendonça


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.

https://www.facebook.com/pe.rogeraraujo/?fref=ts

Comentários

Novembro

40%

Confira a revista deste mês
Pai das Misericórdias

Pedido de Oração

Enviar
  • Aplicativo Liturgia Diária

    Com o aplicativo Liturgia Diária – Canção Nova, você confere as leituras bíblicas diárias e uma reflexão do Evangelho em texto e áudio. E mais: você ainda pode agendar um horário para estudar a palavra por meio do aplicativo.


  • Comentários