14 mar 2008

O POVO REJEITA JESUS Jo 10,31-42

Decididamente Jesus toma o caminho para Jerusalém não para um passeio de turismo. Mas sim para participar da celebração da festa da Dedicação. Jesus proclama diante de todos que Ele é o todo e o tudo receber de Deus Seu Pai.  Ele é o dom gratuito de Deus para nós. Deus veio benevolentemente construir a Sua tenda entre nós. E Por isso realiza prodígios nunca dantes vistos. Ele é o Filho de Deus feito homem para a nossa salvação. Só que infelizmente não é reconhecido e acolhido.

Os judeus fechados à graça da salvação, querem apedrejá-lo. Eles apesar de terem visto as boas obras de Jesus alegam que não é por causa de nenhuma coisa boa que o queriam matar, mas porque, estava blasfemando contra Deus. Pois na Lei deles ser humano algum poderia colocar-se no lugar de Deus. E quando aparece Jesus e se diz ser Filho de Deus não há quem agüente. Conclusão, a morte, crucifica-o…

Porém, o filho do Homem veio trazer o Deus de Israel que não é o deus do poder, das elites religiosas e econômicas de Jerusalém, as quais oprimem e matam o pobre, o órfão, a viúva, o drogado, o criminoso só para garantir seus privilégios. Jesus revelou as boas obras do Pai que por amor, por sua misericórdia concede perdão, justiça, paz, reconciliação e, sobretudo entregando o Seu próprio filho à morte concede e liberta os oprimidos e excluídos a Salvação eterna.

Portanto, ouvir a sua palavra, seguir os seus ensinamento é reconhecer n’Ele o poder, a força e o cumprimento pelo do plano de Deus sobre todos nós.

Comentários

Outubro

51%

Confira a revista deste mês
Pai das Misericórdias

Pedido de Oração

Enviar
  • Aplicativo Liturgia Diária

    Com o aplicativo Liturgia Diária – Canção Nova, você confere as leituras bíblicas diárias e uma reflexão do Evangelho em texto e áudio. E mais: você ainda pode agendar um horário para estudar a palavra por meio do aplicativo.


  • Comentários