06 Oct 2018

O Pai nos escolheu e escreveu nosso nome no Céu

A nossa alegria deve ser porque o Pai nos amou, escolheu-nos e escreveu o nosso nome no Céu

Naquele momento, Jesus exultou no Espírito Santo e disse: ‘Eu te louvo, Pai, Senhor do céu e da terra, porque escondeste essas coisas aos sábios e inteligentes, e as revelaste aos pequeninos. Sim, Pai, porque assim foi do teu agrado’” (Lucas 10,21).

Que beleza contemplarmos Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo exultando no Espírito! Por que Jesus está exultando de alegria no Espírito? Ele viu Seus discípulos voltarem alegres, porque tinham expulsado os demônios, porque tinham anunciado o Reino de Deus e porque venceram as forças do mal. Jesus, no entanto, diz a eles: “Não se alegrem por causa disso. Não se alegrem, porque os demônios os obedecem, alegrai-vos antes porque o vosso caminho está escrito nos Céus” (cf. Lucas 10,21).

Ter o nome escrito no Céu é a grande graça que Deus nos dá; combater os demônios, para que o nosso nome não seja apagado, para que a nossa vida não seja vencida pela força do mal nem que o mal reine em nossa vida.

À medida que vamos progredindo nas virtudes, não tenhamos orgulho disso nem achemos que é mérito nosso, é graça de Deus em nossa vida. Por isso, a nossa alegria deve ser porque o Pai nos amou, escolheu-nos e escreveu o nosso nome no Céu. A nossa alegria deve ser porque estamos servindo ao Senhor e respondendo ao amor que Ele tem para conosco.

Não é mérito nenhum nosso aquilo que realizamos, o mérito foi o amor de Deus, que teve misericórdia e compaixão de nós. Jesus está rejubilando e se alegrando, porque não foi aos sábios, aos grandes e entendidos deste mundo que essa graça foi revelada. A graça de ter o nome escrito no Céu é a quem se faz pequeno e humilde.

Deus faz distinção de pessoas? Não, mas as pessoas fazem distinção d’Ele. Há aqueles que acolhem Sua Palavra com o coração humilde e se convertem, não colocam em si as suas forças, as suas pretensões e conquistas. E há aqueles que desprezam, que não acolhem o Senhor nem O amam. Ou seja, a escolha é nossa, porque Deus já nos escolheu primeiro, Ele nos chamou, mas precisamos, com o coração desprendido, acolher a escolha que Deus fez por nós. 

Alegremo-nos com o Pai que nos amou, escolheu-nos e nos chamou a fazer parte do Seu Reino. Louvado e bendito seja Deus pelo tamanho do amor que tem por cada um de nós.

Deus abençoe você!


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Ajude a Canção Nova!

0%

Confira a ediçao especial da revista
Pai das Misericórdias

Pedido de Oração

Enviar
  • Aplicativo Liturgia Diária

    Com o aplicativo Liturgia Diária – Canção Nova, você confere as leituras bíblicas diárias e uma reflexão do Evangelho em texto e áudio. E mais: você ainda pode agendar um horário para estudar a palavra por meio do aplicativo.