22 Jan 2018

O maligno semeia a divisão entre nós

A função do maligno é semear a divisão; é destruir o Reino de Deus; é colocar as pessoas umas contra as outras

“Se um reino se divide contra si mesmo, ele não poderá manter-se. Se uma família se divide contra si mesma, não poderá manter-se” (Marcos 3,25-26).

Quando as pessoas se dividem, elas se colocam umas contra as outras, e assim, começa uma verdadeira guerra, uma batalha, uma disputa, e aquilo que era para ser uma graça, uma bênção, aquilo que era motivo de união e comunhão, torna-se destroços.

Deus não quer a nossa família destruída, não quer a nossa casa destruída, pelo contrário, Ele quer a nossa família unida e salva. Não permitamos que as nossas famílias se dividam. Podemos ter divergências; pontos de vista diferentes; podemos não concordar em muitas coisas; ter atritos, conflitos, coisas divergentes que acontecem no seio de uma família; mas, ceder ao espírito divisor, colocar as pessoas umas contra as outras, é sinal de que o caminho da destruição está cada vez mais próximo.

Não precisamos ser iguais e nem concordar com todos igualmente. Quando pertencemos a uma comunidade, a uma igreja e as pessoas começam uma guerra de “gladiadores”- vivem se atacando; falam mal dos próprios irmãos da comunidade; dizem coisas horríveis da própria igreja; vemos de um lado fiéis falando dos padres; do outro lado: padres contra outros padres. Seja qual for a forma de divisão, ela é diabólica; e se nos colocamos uns contra os outros, começamos a nos destruir, o mal começa a entrar em nós. 

O Reino de Deus não se faz na uniformidade, pelo contrário, ele se faz na unidade; o Reino de Deus não se faz somente por pessoas iguais, ele faz com que todas as pessoas estejam unidas no Cristo. Olhamos para o nosso corpo e nem tudo é igual: mãos, pernas, braços, mas todos se ligam, todos fomentam a comunhão, que forma um único corpo. Pensemos: se houver algum momento em que: a mão se colocaria contra a perna, isso acabaria com a unidade do corpo. Não podemos ceder ao divisor, ao maligno, que quer dividir as nossas famílias, onde Cristo é a cabeça.  

A função do maligno é semear a divisão, é destruir o Reino de Deus, é colocar as pessoas umas contra as outras.

Quando cedemos, vemos as ruínas onde encontram-se as nossas casas, as nossas famílias, a igreja a qual pertencemos, porque o maligno nos quer divididos, porém, não seguimos a ele. Seguimos nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, que nos quer unidos a Ele. 

Deus abençoe você!


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Ajude a Canção Nova!

0%

Confira a ediçao especial da revista
Pai das Misericórdias

Pedido de Oração

Enviar
  • Aplicativo Liturgia Diária

    Com o aplicativo Liturgia Diária – Canção Nova, você confere as leituras bíblicas diárias e uma reflexão do Evangelho em texto e áudio. E mais: você ainda pode agendar um horário para estudar a palavra por meio do aplicativo.