12 jan 2014

O batismo nos dá a graça de sermos discípulos do Senhor

A unção que recebemos no batismo é a graça de sermos marcados para sempre como propriedade de Deus, como pertencentes a Ele.

”Depois de ser batizado, Jesus saiu logo da água. Então o céu se abriu e Jesus viu o Espírito de Deus, descendo como pomba e vindo pousar sobre ele”(Mt 3,16).

 

Nós hoje celebramos a festa do batismo de Jesus, Nosso Senhor e Mestre foi submisso ao batismo de João, mesmo ele [João] se negando a batizá-Lo, Jesus disse: ”Que a justiça se cumpra, que assim seja feito!” E Ele deixa-se batizar por João, para nos ensinar que todos nós temos que passar pelo batismo, pelo novo nascimento. Quem nasce da carne é carne, quem nasce do Espírito é do Espírito!

Todos nós hoje somos convidados a refletir sobre o nosso batismo, sobre esta graça primeira que nós recebemos de Deus. A maioria de nós éramos ainda crianças quando fomos lavados nas águas batismais. Se você tem a graça de ir à  igreja onde você foi batizado um dia, além de ir ao Sacrário; diante do crucifixo, da imagem de Nossa Senhora, procure o batistério desta igreja, procure a pia batismal, o lugar onde você nasceu para Deus.

Que lugar sagrado, que lugar abençoado! É o seu “Rio Jordão”, é o lugar onde o Espírito se manifestou pela sua vida. Mas hoje indo à igreja, à capela do local onde você mora, procure saber onde está a pia batismal; ali nascem os filhos de Deus, ali nós nascemos para sermos todos de Deus.

E o que o batismo faz em nossa vida? Ele nos configura a Cristo Jesus, nos torna, por adoção, filhos de Deus, o batismo nos dá a graça da unção. A unção que recebemos no batismo é a graça de sermos marcados para sempre como propriedade de Deus, como pertencentes a Ele.

Todos nós temos no nosso peito aquele óleo do crisma infuso em nós, a marca que levaremos para a eternidade, a marca que imprime em nosso ser o caráter e a graça de sermos de Deus. O batismo nos dá a graça de sermos discípulos do Senhor, seguidores d’Ele. Ele mesmo disse: ”Ide pelo mundo, batizai-os e tornai-os meus discípulos”.

Uma vez que somos batizados nós pertencemos à escola de Jesus. Como seria bom se os pais e os padrinhos levassem o batismo mais a sério; se entendessem que batismo é compromisso de educar na fé, ensinar na fé, de querer acima de tudo viver como filho de Deus.

Como seria bom se escolhêssemos melhor os padrinhos para batizar nossas crianças, que fossem realmente homens e mulheres comprometidos com a fé, com o seguimento de Jesus! Como seria bom se nós refletíssemos a cada dia sobre o que o batismo significa em nossa vida. Jesus saindo da água ou melhor das águas do Rio Jordão, viu o Espírito pairar sobre Ele e uma voz do céu dizendo: ”Este é meu Filho amado!”

Todo batizado é templo da Santíssima Trindade, o Espírito, que está em nós, nos mostra Jesus, e o Pai  olha para a nossa vida e nos diz: ”Este é meu filho amado!” Que nós sejamos, pelo nosso batismo, filhos muito amados no Pai do Céu!

Deus abençoe você!

 

Comentários