27 dez 2014

O amor divino cura todas as feridas do nosso coração

O amor de Deus cura todas as feridas do nosso coração, porque nem sempre provamos um amor puro, verdadeiro e sincero.

A Vida manifestou-se e nós a vimos, e somos testemunhas, e a vós anunciamos a Vida eterna, que estava junto do Pai e que se tornou visível para nós” (1 João 1,2 ).

Ainda na alegria do Natal de Jesus nós celebramos São João Evangelista, apóstolo e seguidor de Nosso Senhor Jesus Cristo. São João nos deu o quarto Evangelho, nos deu as Cartas nas quais ele testemunha o amor de Deus para conosco e nos deu o Livro do Apocalipse também. Mas, acima de tudo, ele nos deu o testemunho da grandeza do amor de Deus.

Primeiramente, ele provou de perto, como ele mesmo diz, a graça de ser o discípulo amado, de experimentar o amor e a ternura de Deus na pessoa de Jesus. Ele mesmo testemunha que o amor de Deus é manifestado aos homens e quando São João diz isso não é porque ele escreve um Evangelho poético, bonito. Não, é muito mais do que isso! É porque ele provou na sua carne e no seu coração este amor divino do Senhor. E por isso, por onde João foi e em tudo aquilo que escreveu, ele testemunha, ele ratifica, ele mostra a grandeza do amor desse Deus para conosco.

Sabem, meus irmãos, assim como São João foi totalmente envolvido por este amor divino e este foi moldando, tocando, transformando, renovando e refazendo o seu coração, nós somos chamados, neste tempo da graça, que é o tempo do Natal, a ser refeitos pelo amor de Deus.

O amor de Deus, quando entra em nós, faz toda a diferença! Nós somos carentes de amor, porque, muitas vezes, não provamos um amor puro, um amor sincero. Muitas vezes, nós nos machucamos quando queremos amar alguém, quando queremos expressar o amor verdadeiro.

Por quantas experiências dolorosas nós já passamos, nesta vida, nas diversas esferas do amor; seja o amor do homem para com a mulher, seja o amor entre filhos, seja o amor de amigos! O verdadeiro amor deixa em nós a marca sublime daquele sentimento mais gostoso que há; mas o amor não vivido na sua intensidade também nos machuca muito e nos deixa marcas difíceis de ser superadas.

Só um amor é capaz de curar os amores da nossa vida, só um amor é capaz de restaurar os amores que nos machucaram nessa vida! É deste amor que João, o evangelista, nos fala, o amor que iluminou e deu sentido à sua vida, é o amor que quer iluminar e dar sentido à nossa vida! Que hoje, na celebração do dia do apóstolo São João, nas Oitavas do Natal de Jesus, o amor divino cubra todo o nosso coração e cure todas as feridas.

Deus abençoe você!


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.

https://www.facebook.com/pe.rogeraraujo/?fref=ts

Comentários

Outubro

42%

Confira a revista deste mês
Pai das Misericórdias

Pedido de Oração

Enviar
  • Aplicativo Liturgia Diária

    Com o aplicativo Liturgia Diária – Canção Nova, você confere as leituras bíblicas diárias e uma reflexão do Evangelho em texto e áudio. E mais: você ainda pode agendar um horário para estudar a palavra por meio do aplicativo.


  • Comentários