25 fev 2017

Nossas crianças precisam ser cuidadas e amadas

Quando cuidamos das crianças, estamos cuidando do próprio Deus

“Deixai vir a mim as crianças. Não as proibais, porque o Reino de Deus é dos que são como elas.” (Mc 10,14)

Que maravilha! A grande graça é ver como Jesus acolhe as crianças, como ele as abraça, porque, na época d’Ele, as crianças eram deixadas de lado, elas não eram levadas em conta.

Vemos, na narração dos evangelistas, que quando Jesus realiza o milagre da multiplicação dos pães, as crianças não são contadas. Mas o Reino de Deus, na verdade, começa por elas e com elas, também com quem se parece com elas.

Acolhamos nossas crianças, tenhamos um lugar muito especial para elas na nossa vida, em nossas Igrejas, em tudo o que fizermos. Amemos, respeitemos, cuidemos e eduquemos. Como é primordial todo o trabalho voltado para cuidar dos nossos pequeninos! Não podemos nos descuidar, de forma nenhuma, da educação, do cuidado, da ternura e do amor que nossas crianças merecem.

A educação das crianças nunca deve ser à base da repreensão, de forma nenhuma! A coisa essencial que temos que dar a elas, em qualquer situação, é amor, ternura e acolhimento. Toda criança tem de ser acolhida e amada, porque elas precisam disso para crescer de forma sadia e completa.

Se você conhece uma criança que não é amada, por favor, leve amor para ela. Façamos um esforço para que crianças do mundo inteiro sintam-se amadas. É triste ver a situação de muitos países, muitos lugares onde as crianças sofrem tanto!

Estejam elas próximas ou distante de nós, precisamos dar o melhor para as crianças e cuidarmos delas, pois quando cuidamos delas, estamos cuidando do próprio Deus. Ele se fez homem no meio de nós como criança; já homem adulto, voltou-se às crianças como modelo do Reino do Céus.

Precisamos aprender com elas, porque é da simplicidade, da humildade, da pureza da criança que vamos conquistar também o Reino dos Céus. Por isso, é bom pegar a criança nos braços, levar afeto a ela.

Devemos repudiar toda e qualquer forma de abuso, seja por repreensão ou abuso de qualquer ordem que possam cometer com nossas crianças. Precisamos, no fundo do nosso coração, cuidar melhor delas.

Não me refiro apenas aos seus filhos, pois para muitas crianças falta o afeto, o aconchego dos pais, tios, amigos. Precisamos dar o melhor de nós para elas, porque, se assim o fizermos, você não precisa ter dúvida nenhuma, pois o Reino de Deus vai estar sempre acontecendo no meio de nós.

Deus abençoe você!


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.

https://www.facebook.com/pe.rogeraraujo/?fref=ts

Comentários