27 Feb 2018

Não devemos humilhar o próximo

Jesus nos ensina que devemos ser humildes e não humilhar uns aos outros

“Pelo contrário, o maior dentre vós deve ser aquele que vos serve. Quem se exaltar será humilhado, e quem se humilhar será exaltado” (Mt 23, 1-12).

A palavra humilhação até dói dentro de nós, ninguém quer ser humilhado e qualquer humilhação que sofremos machuca muito, e deixa marcas indeléveis que parecem ser eternas dentro do nosso coração, mas, por vezes, não percebemos que as nossas atitudes humilham os outros.

Aquilo que não queremos para nós, muitas vezes, é aquilo que damos para o outro. E, é um remédio amargo que aplicamos na vida do outro: somos duros, grossos, julgamos, condenamos (…). A humilhação, por vezes, acontece de forma consciente: é alguém que sente-se mais importante e coloca-se acima dos outros, é aquele que parece “grande” e despreza, menospreza, coloca o outro como “pequeno”.

Ainda há aqueles que são movidos pelo sentimento da soberba, e esse é o grande veneno da humilhação, porque, com a soberba somos e estamos sempre acima dos outros. Há aqueles que querem humilhar o outro pois se sentem melhores por conta das coisas que têm. A avareza, a cobiça e o apego as coisas materiais, enfim, a avareza da alma levam as pessoas sentirem-se mais importantes.

Uma coisa muito importante é que os humilhados são os que serão exaltados, ou seja, todos os humilhados estão em primeiro lugar no coração de Deus.

A pobreza material também humilha as pessoas. São milhões de filhos de Deus pela face da terra (para não dizer bilhões), que são humilhados pela via da miséria e da pobreza. Não é de se estranhar, nem se escandalizar em saber que esses pobres ocuparão o lugar que pensaríamos que seria nosso no Reino de Deus, porque esses são os preferidos de Deus, como também, aqueles que são humilhados pelas doenças, enfermidades, sofrimentos e assim por diante.

O que é importante? Que não fiquemos ao lado dos humilhadores, dos opressores e daqueles que na atitudes humilham as pessoas. O melhor é colocar-se ao lado dos humilhados. Antes ser humilhado do que humilhar qualquer ser humano, filho de Deus. Há na sociedade uma falta de acolhimento porque a pessoa fez “opções” diferentes, porque ela tem comportamentos diferentes, mas nada justifica qualquer espécie de humilhação.

Humilhar um filho de Deus é humilhar o próprio Deus. O Senhor fica do lado dos humildes e dos humilhados.

Deus abençoe você!


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.

https://www.facebook.com/pe.rogeraraujo/?fref=ts

Ajude a Canção Nova!

0%

Confira a ediçao especial da revista
Pai das Misericórdias

Pedido de Oração

Enviar
  • Aplicativo Liturgia Diária

    Com o aplicativo Liturgia Diária – Canção Nova, você confere as leituras bíblicas diárias e uma reflexão do Evangelho em texto e áudio. E mais: você ainda pode agendar um horário para estudar a palavra por meio do aplicativo.