08 abr 2013

Maria, exemplo de humildade e obediência ao Pai

No Evangelho de hoje, três aspectos me chamaram à atenção: a fé de Maria que não questiona a vontade de Deus transmitida pelo anjo, o conteúdo da mensagem do anjo e a obediência expressa na resposta: “Eis a serva do Senhor, faça-se em mim segundo a tua palavra”.

Maria recebeu o dom da divina maternidade porque teve fé e pela fé se torna felizarda. O nascimento de Jesus é obra da intervenção de Deus, pois Maria concebe sem conhecer homem algum. Aquele que vai iniciar nova história surge dentro da história de maneira totalmente inédita.

O título “Filho de Deus”, associado à ostentação de poder, foi atribuído aos faraós e a outros chefes de nações ou impérios, além de ao próprio rei Davi. Muitos discípulos de Jesus se inclinaram a essa interpretação. Jesus, contudo, sempre se colocou em relação de filiação com Deus Pai misericordioso e todo amoroso. Filho de uma jovem pobre e de um carpinteiro, Jesus revela-se como o Filho de Deus humilde e solidário com os pobres e excluídos, aos quais deseja comunicar a vida divina.

“Eis a serva do Senhor, faça-se em mim segundo a tua palavra!” Palavras muito simples, mas que atraem responsabilidade. Pois, doravante, aquela pobre menina vai ser depositária dos desígnios de Deus. Deus entra no tempo por meio do ‘sim’ de Maria, que se coloca como escrava ao serviço do seu Senhor 24 horas por dia.

Maria é um exemplo de humildade e obediência ao Pai. Devemos aprender com Maria a darmos sempre o ‘sim’ a Deus acolhendo com humildade a Sua vontade sobre nós e nossas comunidades.

Maria do ‘sim’, ensina-me a dizer e viver o meu ‘sim’ a Deus. Amém.

Padre Bantu Mendonça


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.

https://www.facebook.com/pe.rogeraraujo/?fref=ts

Comentários