01 Nov 2017

Jesus trouxe salvação a todos nós

A salvação é dom gratuito de Deus, mas a resposta para ela somos nós quem damos, que nos esforçamos e lutamos por ela

Fazei todo esforço possível para entrar pela porta estreita. Porque eu vos digo que muitos tentarão entrar e não conseguirão” (Lucas 13,24).

A resposta de Jesus para o nosso coração hoje, vem a partir de uma pergunta. Alguém, no meio do povo, pergunta: “Senhor, é verdade que são poucos os que se salvam?”. Jesus não responde nem que sim nem não, mas coloca a verdade. E qual é a verdade? Precisamos nos esforçar, empenhar-nos, dar o melhor de nós para entrarmos pela porta estreita, porque a salvação é algo muito exigente. Se nos perdemos no caminho da vida, para o encontrarmos será preciso todo esforço do nosso coração.

Vivemos no mundo das facilidades, onde as pessoas procuram as coisas mais fáceis, mais abertas, mas, muitas vezes, essas portas são abertas da forma mais inescrupulosa possível! Sem nenhum peso na consciência, as pessoas fazem as coisas erradas, e simplesmente não estão nem aí! “Não estou roubando. Não estou matando. Não estou fazendo o que outros estão fazendo. Corrupção, hoje, é assunto só para políticos”.

Estamos vivendo, muitas vezes, o caminho das facilidades. Até no Reino de Deus, às vezes, conformamo-nos, porque fazemos uma oração, vamos à Missa aos domingos, mas não nos esforçamos pela conversão diária de mudar atos, maus costumes, de nos empenharmos para combater aquelas inclinações erradas do coração, da vontade e assim por diante.

A salvação é dom gratuito de Deus, mas a resposta para ela somos nós quem damos, que nos esforçamos e lutamos por ela; somos nós que buscamos o caminho que nos leva a nos contrariar. Não há problema sermos contrariados; o problema é seguirmos nossas inclinações, levarmos a vida de qualquer jeito e não procurarmos nos converter a cada dia. A salvação de Jesus veio para todos, mas nem todos se esforçam para a viver.

O mundo, do jeito em que está, leva-nos a nos perdermos facilmente nos caminhos, nas estradas e escolhas. Precisamos ter atenção, prudência e determinação. “Esse caminho me salva ou me perde? A escolha que eu fiz é para a minha salvação ou ela me leva à perdição?”.

Deus não quer que ninguém se perca, mas é necessário, da nossa parte, darmos o melhor de nós para nos convertermos a cada dia.

Deus abençoe você!


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Novembro

50%

Confira a revista deste mês
Pai das Misericórdias

Pedido de Oração

Enviar
  • Aplicativo Liturgia Diária

    Com o aplicativo Liturgia Diária – Canção Nova, você confere as leituras bíblicas diárias e uma reflexão do Evangelho em texto e áudio. E mais: você ainda pode agendar um horário para estudar a palavra por meio do aplicativo.