20 Dec 2007

EIS QUE A VIRGEM CONCEBERÁ Lc 1,26-38

Lucas mostra, no texto da anunciação do anjo à Maria, o cumprimento da promessa feita por Deus a David. Além disso, com referência a Jacob, pretende-se ver em Jesus a realização de todas as promessas.

Mateus recorda-se de que Jesus está na linha davídica através de José, ao passo que, no diálogo entre Maria e o anjo, descobre-se o cumprimento pleno da profecia de Isaías: “Uma virgem, permanecendo intacta, dará à luz um filho” (7,14). A realização das promessas em Jesus Cristo é obra exclusiva de Deus, e não do homem.

A resposta pronta de Maria, “Eis a serva do Senhor”, revela a humildade da criatura humana diante da onipotência de Deus. É o humilde reconhecimento da verdade, da distância entre Criador e criatura, da vontade determinante que exige e cria em soberana liberdade e a vontade de uma pessoa humana, cuja liberdade consiste aqui em adaptar-se à santa vontade de Deus, para tudo conduzir na direção do Senhor.

Com o “Faça-se em mim”, Maria dá a resposta única e final no projeto divino-humano para que os projetos dos homens se tornem divinizados. Esta frase de Maria é, ao mesmo tempo, disposição passiva e adesão ativa. Dá-se, neste instante, a adesão singela e pura à vontade de Deus claramente conhecida. Exatamente nesta evidência é que está a grandeza. O que é determinante para Maria não é o seu próprio desejo, sua própria vontade, mas a Palavra de Deus. Como seria bom se todos nós cooperássemos com Ele neste projeto de fazer da vontade de Deus a nossa vontade, dos projetos d’Ele, os nossos projetos.

Acolhamos o convite de fazermos tudo para que o Senhor opere em nós o que quiser, afim de que cumpramos a vontade d’Ele todos os dias da nossa vida.

Peçamos: “Senhor, fazei conhecer os seus projetos sobre nós, porque queremos ser fiéis à sua vontade”.

Novembro

56%

Confira a revista deste mês
Pai das Misericórdias

Pedido de Oração

Enviar
  • Aplicativo Liturgia Diária

    Com o aplicativo Liturgia Diária – Canção Nova, você confere as leituras bíblicas diárias e uma reflexão do Evangelho em texto e áudio. E mais: você ainda pode agendar um horário para estudar a palavra por meio do aplicativo.