23 out 2013

Devemos honrar o nosso corpo como o lugar da morada de Deus

Devemos honrar o nosso corpo como o lugar da morada de Deus. Você sabe que o nosso corpo é um sacrário, é um templo vivo, é o lugar onde Deus habita.

“Irmãos, que o pecado não reine mais em vosso corpo mortal, levando-vos a obedecer às suas paixões” (Rm 6,12).

Vamos meditar a Palavra de Deus a partir da Primeira Leitura (cf. Rm 6,12-18) da Santa Missa de hoje, esta bonita carta que São Paulo escreveu aos romanos.

O convite do apóstolo Paulo é justamente este – uma vez que nós conhecemos Cristo e Ele nos libertou da escravidão, sobretudo da escravidão do pecado e da morte – o pecado não deve mais reinar em nosso corpo.

Você sabe que, em certas ocasiões, nós seguimos as inclinações que o nosso corpo tem – quando digo corpo, digo a nossa natureza humana, natureza mortal, que, muitas vezes, nos chama ao pecado. Quando você olha para o seu corpo, você vê que todo ele pode ser ocasião de pecado – a língua, os ouvidos, os olhos, os membros inferiores e superiores, da ponta dos nossos pés até os cabelos, nós podemos nos deixar ser seduzidos pelo pecado e o pecado nos levar a nos entregar a ele.

Nós conhecemos a Cristo e Ele passou a reinar e a viver em nós graças ao batismo que nos foi concedido. Devemos honrar, cada vez mais, o nosso corpo como o lugar da morada de Deus. Você sabe que o nosso corpo é um sacrário, é um templo vivo, é o lugar onde Deus habita.

É esse corpo mortal que recebeu a graça do batismo, mas esse mesmo corpo recebe, para se fortalecer na fé, a graça da Eucaristia, do Corpo e do Sangue de Cristo, que circula em nós. Como devemos honrar o Cristo que habita em nós; como devemos honrar esse Cristo que faz moradia em nós!

Nós, muitas vezes, podemos nos sentir fracos, impotentes, seduzidos pelo mal, e o pecado reinar em nós; mas é por isso mesmo que nós precisamos da força de Cristo, do amor de Jesus reinando em nossos corações.

Nós precisamos nos decidir, a cada dia, a entregar o nosso corpo, e tudo o que somos e temos, para ser o lugar da moradia de Deus e não o lugar da morada do pecado. Por isso, a cada dia, devemos nos levantar e fazer a persignação ou orar: Pelo sinal da santa cruz, livrai-nos, Deus, Nosso Senhor, de todos os nossos inimigos; e depois traçar o sinal da cruz: em nome do Pai, do Filho, do Espírito Santo, de forma a permitir que todo o nosso corpo seja marcado para ser o templo de Deus, o lugar da morada do Senhor.

Que Deus abençoe você!

:: Ouça esta reflexão no Canal Pod Homilia

Comentários