15 Oct 2017

Deus prepara um banquete eterno para nós

Deus se lembra de nós em primazia e nos coloca como prioridades no banquete eterno que Ele preparou

“Mas os convidados não deram a menor atenção: um foi para o seu campo, outro para os seus negócios,outros agarraram os empregados, bateram neles e os mataram” (Mateus 22, 5-6).

O Evangelho deste domingo é um convite a uma reflexão sobre acolher ou não o Reino de Deus. Jesus tem contado a nós uma série de parábolas, Ele hoje nos conta uma que compara o Reino dos Céus a um rei que preparou um grande banquete, uma grande festa de casamento para o seu filho.

Fico pensando em nós quando preparamos nossas festas. Quando um pai quer casar sua filha ou qualquer outra coisa, ele prepara tudo, a lista de convidados, tudo é pensado com muito carinho e ternura. Pense em você que prepara uma festa de casamento, manda o convite para os familiares, para os amigos mais próximos e de repente começa a chegar respostas: “Não posso! Não irei! Terei outro compromisso! Gostaria muito! Sejam felizes!”, e todo mundo só manda resposta que não poderá ir.

Que frustração! Imagina, você preparou um banquete para tantas pessoas e não têm convidados para o casamento, para a festa, para o banquete que você preparou.

Cada um tem uma desculpa, cada um arrumando um jeito para não se comprometer. Olha que é festa e tantas pessoas arrumando desculpas para não se comprometer ou comparecer. Com certeza você que preparou a festa, o banquete ficará muito triste, chateado e decepcionado. O que fazer com tudo isso?

Neste caso, o rei muito indignado mandou chamar todos os que estavam nas encruzilhadas: os pobres, aqueles que ninguém dava valor, aqueles que não dão festa nenhuma e convidou todos para o banquete. Deu a festa para eles já que seus convidados fizeram pouco caso, foram indiferentes, não deram o mínimo valor para aquilo que foi preparado para eles.

A riqueza dessa parábola é dirigida a todos nós, é Deus quem nos prepara o banquete das núpcias eternas e nos convida sempre para participarmos, para fazermos parte desse banquete.

Vivemos no mundo das ocupações, todo mundo está ocupado com suas tarefas, obrigações e com suas responsabilidades. Esta é a geração da frieza, da indiferença e do pouco caso. Infelizmente vivemos num tempo onde as pessoas fazem muito pouco caso com as coisas de Deus.

Estamos sempre arrumando desculpas, inclusive até para se converter. “Depois eu vejo!”. Quando deixamos alguma coisa para ver depois é porque aquilo não é prioridade para nós, quando deixamos as coisas de Deus para depois, quando as tratamos de qualquer jeito, fazemos pouco caso ou só vamos quando dá é porque isso não é prioridade para nós.

Quando alguma coisa é prioridade assumimos prontamente, damos um jeito, nos organizamos e procuramos fazer o melhor de nós para nos fazer presente, procuramos ter consideração por quem teve consideração conosco, por alguém que se lembrou de nós.

Às vezes me convidam para uma festa de aniversário, um casamento e eu não posso estar presente, mas eu procuro de alguma forma manifestar a boa lembrança que a pessoa teve.

Deus nunca se esquece de nós, pelo contrário, Ele se lembra de nós em primazia e nos coloca como prioridades na festa eterna, no banquete eterno que Ele preparou.

Não façamos pouco caso, não tratemos com indiferença e nem de qualquer jeito as coisas de Deus. Se Deus é prioridade para nós façamos festa, vamos com alegria, demos a melhor resposta do nosso coração para as coisas do Senhor. É assim que assumiremos e teremos as vestes para as núpcias eternas.

Deus abençoe você!


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Dezembro

47%

Confira a revista deste mês
Pai das Misericórdias

Pedido de Oração

Enviar
  • Aplicativo Liturgia Diária

    Com o aplicativo Liturgia Diária – Canção Nova, você confere as leituras bíblicas diárias e uma reflexão do Evangelho em texto e áudio. E mais: você ainda pode agendar um horário para estudar a palavra por meio do aplicativo.