29 Feb 2016

Deus nos fez profetas

O mundo de hoje necessita de profetas, de homens e mulheres voltados para Deus

“Em verdade eu vos digo que nenhum profeta é bem recebido em sua pátria” (Lc 4, 24).

Deus precisa de cada um de nós para que sejamos profetas em Seu nome, para que falemos em nome d’Ele e possamos ser presença amorosa onde estivermos, nas coisas importantes. O profeta, enquanto homem e mulher que escuta o Senhor, tem ouvidos e coração voltados para Ele, abertos a ouvir Sua voz.

Só pode falar de Deus quem O escuta; só pode profetizar em nome d’Ele aquele a quem Ele se achega ao coração e se abre para ser, de fato, Seu anunciador onde quer que esteja.

Quando falamos dos profetas, é óbvio que vem à nossa mente aqueles que estão designados para tal função, seja o padre em nossa comunidade, o bispo na diocese e o Papa onde estiver; talvez ainda seja aquele outro, que é um bom pregador da Palavra, que tem o dom de falar… Mas a profecia da qual falamos aqui é bem mais ampla.

Todo pai, toda mãe, todo homem e mulher de Deus são chamados a exercer a profecia, essa é a graça que recebemos em nosso batismo. Que bom se cada mãe soubesse ser uma profetisa no exercício do seu dom e do seu ministério materno! A mãe que escuta Deus é aquela que pode falar d’Ele para seus filhos. Imagine um pai profeta, que escuta o Senhor e pode falar d’Ele para seus filhos, pode instruí-los segundo o Pai, ter o discernimento segundo Deus e a sabedoria que vem do coração d’Ele.

Imagine se cada governante, cada pessoa não desistisse do seu trabalho, sabendo exercê-lo na docilidade de Deus. Como o mundo de hoje necessita de profetas, de homens e mulheres voltados para Deus, para escutá-Lo e falar sobre Ele! Profeta é aquele que anuncia a Palavra do Senhor, que O tem em seu coração. O profeta é aquele que também denuncia às mentiras, desigualdades e injustiças.

Profeta é aquele que tem discernimento do que convém e do que não convém. Ele não é dono da verdade, não é o “sabe-tudo”, mas é o mais humilde de todos, é aquele que se coloca à disposição para escutar Deus, sabe se rever, reposicionar-se, distinguir o que é humano do que é divino, sabe divinizar suas próprias ações e humanizar quando há excesso de divinização no meio da humanidade, para que possamos nos olhar com misericórdia e bênção.

É verdade que o profeta tem muita dificuldade para ser aceito no meio dos seus. Quando a mãe vai falar de Deus para o filho: “Lá vem a mãe de novo com essa história de igreja!”. Quando a mulher vai falar para o marido: “Lá vem novamente mais desculpas!”. É assim mesmo! Pode ser que os seus não o escutem ou não lhe deem a devida atenção. Não seja menos profeta por causa disso; pelo contrário, aplique-se a ouvir mais o Senhor, porque Sua sabedoria é que conduz os nossos passos.

Entenda uma coisa: quando você fala algo, mas a pessoa não o escuta e até despreza aquilo que você falou, com certeza, amanhã, essa palavra vai cobrar dela um preço. Por isso, o profeta, quando fala, mesmo que não seja ouvido, não pode deixar de anunciar, porque a seu tempo as coisas terão um porquê.

Deus abençoe você!

Veja a reflexão do dia de hoje:

 

repensando-a-vida

Adquira em nossa Loja Virtual o livro do Padre Roger


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.

https://www.facebook.com/pe.rogeraraujo/?fref=ts

Dezembro

20%

Confira a revista deste mês
Pai das Misericórdias

Pedido de Oração

Enviar
  • Aplicativo Liturgia Diária

    Com o aplicativo Liturgia Diária – Canção Nova, você confere as leituras bíblicas diárias e uma reflexão do Evangelho em texto e áudio. E mais: você ainda pode agendar um horário para estudar a palavra por meio do aplicativo.