12 jul 2012

Colocar-se inteiramente a serviço da missão

Após o chamado dos doze apóstolos, Jesus os envia em missão, fazendo-lhes várias recomendações.

A primeira recomendação é a de que o Reino do Céu está próximo. Portanto, todo mundo – inteirando-se da sua aproximação – tem de estar de sobreaviso.  É preciso que os apóstolos participem do ministério do Mestre: “Curem os leprosos e outros doentes, ressuscitem os mortos e expulsem os demônios”.

Eles devem continuar a missão de Jesus: dar vida, devolver a liberdade e resgatar a dignidade das pessoas oprimidas.

Este convite, hoje, é feito a mim como sacerdote e a você como consagrado ou consagrada, leigo ou leiga. Todos somos convocados a anunciar o Reino dos Céus. Mas, muitas vezes, nos falta a coragem de sair de nós mesmos para anunciar. Peçamos a Ele que envie muitos e santos sacerdotes. Muitos e santos casais sem nos preocuparmos com o que haveremos de receber em troca.

Lembro-lhe que o despojamento é um ato de liberdade do missionário para colocar-se inteiramente a serviço da missão. É um ato de confiança na providência de Deus, que opera por meio dos homens e mulheres, aos quais são enviados e que acolhem estes missionários.

Por isso, reze comigo: “Senhor Jesus, ensina-me a ser generoso, a servir-Te como Tu mereces, a dar-me sem medidas e a gastar-me sem esperar outra recompensa, senão saber que faço a Tua vontade santa. Amém”.

Padre Bantu Mendonça

Comentários

Outubro

51%

Confira a revista deste mês
Pai das Misericórdias

Pedido de Oração

Enviar
  • Aplicativo Liturgia Diária

    Com o aplicativo Liturgia Diária – Canção Nova, você confere as leituras bíblicas diárias e uma reflexão do Evangelho em texto e áudio. E mais: você ainda pode agendar um horário para estudar a palavra por meio do aplicativo.


  • Comentários