30 jul 2010

Chamados à sabedoria pela Sabedoria

O povo se admira da sabedoria de Jesus. Eles não entendem como pode tamanha sabedoria contida numa pessoa que era de um lugar e de um povo tão simples. Para dizer que há muitas pessoas, exercendo de forma maravilhosa, a inteligência, mas isso não é sinônimo de sabedoria.

Jesus não só era sábio, como era a própria sabedoria feito carne, encarnada, presente na vida e na história do Seu povo. Jesus é a Sabedoria, pois na Sagrada Escritura a sabedoria é o próprio Deus segundo o livro da Sabedoria.

Para dizer que, na vida, a felicidade é alcançada de Deus pelas pessoas que buscam a sabedoria a todo instante, ou seja, quando buscam ao Altíssimo e a vontade d’Ele a todo momento da sua história. Desenvolver a inteligência – pois todos somos possuidores dessa faculdade – é fácil; basta estudarmos. Agora, ser sábio não é algo tão simples assim, pois dependemos da graça de Deus derramada sobre nós  quando nos propormos a viver uma comunhão de fé e de amor com Ele, que é a Sabedoria. Torna-se sábio quem torna-se íntimo de Deus.

Jesus é a Sabedoria por dois motivos fundamentais: por ser Deus – o principal – e por ser todo do Pai, em união com o Espírito Santo. A santidade consiste em sermos sábios, virtude e graça que se adquire mediante uma comunhão profunda com o Todo-podersoso. No mundo há muitas pessoas inteligentíssimas. Mas, então, por que as coisas não vão tão bem? Por que falta tanta paz e tanto amor? Porque não basta seres humanos inteligentíssimos, é preciso seres humanos sábios, ou seja, cheios de Deus e cheios de amor pelo próximo.

O que acompanha um ser humano santo, sábio, são os sinais de milagres; milagres na spequenas coisas do dia a dia; atitudes que transformam e salvam vidas. Os milagres acompanham Jesus, pois são sinais visíveis de que o Reino de Deus chegou, está entre nós e que Ele é verdadeiramente Deus. Cristo prometeu que os milagres acompanharão os seus seguidores. O maior milagre, no entanto, que Deus quer realizar em nós e através de nós é o fato de sermos íntimos d’Ele, tornando-nos homens e mulheres tomados de sabedoria e levando os irmãos a uma experiência profunda com Ele, com a sabedoria.

Hoje, com toda a Igreja, celebramos a memória de São Pedro Crisólogo, que deixou profundas marcas cristãs entre nós. Desenvolvia e pregava a doutrina cristã com eloquência e sabedoria. Como conseguia isso? Pelo fato de ser todo de Deus, íntimo d’Ele, colhendo a sabedoria na Sabedoria.

Padre Pacheco

Comunidade Canção Nova

Comentários

Outubro

49%

Confira a revista deste mês
Pai das Misericórdias

Pedido de Oração

Enviar
  • Aplicativo Liturgia Diária

    Com o aplicativo Liturgia Diária – Canção Nova, você confere as leituras bíblicas diárias e uma reflexão do Evangelho em texto e áudio. E mais: você ainda pode agendar um horário para estudar a palavra por meio do aplicativo.


  • Comentários