11 abr 2015

Anunciemos nossa fé ao mundo

Aquilo que entra agora pelos nossos ouvidos não pode ficar só para nós, temos a obrigação de anunciar e os outros têm o direito de receber o anúncio do Evangelho da mesma forma como ele também um dia chegou a nós.

E disse-lhes: ‘Ide pelo mundo inteiro e anunciai o Evangelho a toda criatura!’” (Marcos 16, 15).

Nós precisamos ter em mente que toda criatura humana tem o direito de receber o anúncio da salvação. Todos têm direito a essa graça; ela não está restrita a alguns grupos, a algumas pessoas, aos predestinados. Toda a humanidade foi predestinada a ser salva, mas a salvação não é uma coisa obrigatória, é um direito; por isso temos que anunciar a todos a fé, precisamos fazer com que esse direito fundamental da existência humana seja garantido a todos os homens e mulheres que pisam na face da Terra.

No entanto, ninguém precisa nem pode ser obrigado a crer ou acreditar. A fé é uma adesão, é uma abertura de coração; fé é uma concordância entre a mente, a vontade e a luz que vem do alto.

A Igreja não pode se calar, eu não posso me calar, você não pode se calar, nós não podemos deixar de clamar e proclamar ao mundo que a salvação está em Cristo Jesus. Aquilo que nós vimos e que contemplamos também devemos anunciar aos outros, porque quiseram calar Pedro e João, mas eles mesmos disseram: “Julgai vós mesmos, se é justo diante de Deus que obedeçamos a vós e não a Deus! Quanto a nós, não nos podemos calar sobre o que vimos e ouvimos” (At 4, 19-20).

E por isso que nós não podemos nos calar sobre aquilo que vimos e ouvimos. Então, deixe-me dizer primeiro a você: nós ouvimos muito sobre Deus, falamos sobre Ele, escutamos muito sobre Ele, mas nós não só ouvimos, como também vemos a ação de Deus acontecer em nosso meio, a ação d’Ele ser vivenciada entre nós.

É uma omissão terrível, é uma falta de adesão coerente à fé não testemunharmos aos outros aquilo que os nossos olhos contemplam e aquilo que os nossos olhos tocam com a fé. Aquilo que entra agora pelos nossos ouvidos não pode ficar só para nós, temos a obrigação de anunciar e os outros têm o direito de receber o anúncio do Evangelho da mesma forma como ele também um dia chegou a nós.

Por isso nós hoje pedimos a Deus que venha abençoar Sua Igreja, venha abençoar o Seu povo, venha abençoar a nós que somos discípulos e discípulas de Jesus Cristo para que sejamos também apóstolos e testemunhas d’Ele para que anunciemos ao mundo esse Jesus vivo e ressuscitado que encontramos.

Deus abençoe você!

Comentários